fbpx
Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?

Produtor de Paper Mario: The Origami King comenta sobre os chefes feitos de papelaria

Paper Mario: The Origami King

Paper Mario: The Origami King pode não seguir a mesma linha RPG do início da franquia, mas seu humor continua com a mesma qualidade e certo em cada detalhe (até falamos sobre o humor e como a falta de uma tradução atrapalha esse aspecto incrível do jogo no último episódio do Project N Cast sobre Paper Mario). E alguns chefes do jogo são derivados de produtos de papelaria e escritório do mundo real, trazendo o humor e o aspecto “papel” da estética do jogo ainda mais a tona.

O primeiro, por exemplo, é uma caixa de lápis de cor e os próximos, sem dar spoilers, seguem o mesmo padrão de produtos reais relacionados a papel. Em uma entrevista recente à PCGames, Kensuke Tanabe, da Nintendo, explicou por que sua equipe de desenvolvimento decidiu usar tais produtos como chefes do jogo:

Neto Verneque
O corpo do Mario. A sociabilidade do Link. A fome do Kirby. E tão vencedor na vida quanto o Ash Ketchum.