fbpx
Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
Frontline Zed - Sobreviva ao apocalipse zumbi

Frontline Zed – Sobreviva ao apocalipse zumbi

Recentemente nós tivemos o lançamento de Frontline Zed, um título que vai agradar muita gente, seja pela simplicidade de sua jogabilidade ou pelo desafio que o jogo propõe. Ele é a definição perfeita de que um jogo pode ser simples e desafiador ao mesmo tempo.

Caso você tenha vivido a era dos jogos on-line em sites como Clickjogos e afins, é bem possível que tenha jogado algum game parecido. Basicamente o jogo te coloca no papel de um sobrevivente que deve se proteger à medida que deve ir matando hordas de zumbis de todos os tipos, no melhor estilo ‘Tower Defense“.

História clichê e envolvente

Se você já assistiu algum filme de zumbi, ou já jogou algum jogo do gênero é bem provável que você já conheça a história de Frontline Zed. Você deve sobreviver as hordas de Zumbi enquanto explora locais no objetivo de encontrar armas e outros sobreviventes. Cada rodada é um dia no jogo e a cada 3 dias você avança de área.

Embora clichê, a história é bem envolvente e os cenários criam uma imersão na história. Cada vez que você avança de área é apresentado um capítulo do diário do protagonista contando quais serão os próximos passos a serem tomados e explicando para onde estamos indo e o motivo.

Frontline Zed - Sobreviva ao apocalipse zumbi

Jogabilidade simples e viciante

O jogo traz uma das jogabilidades mais simples possíveis, você só atira praticamente durante o jogo inteiro. Você é um sobrevivente que fica atrás de uma barreira e deve atirar nos zumbis, seu único objetivo é terminar vivo, matando todos os zumbis.

Frontline Zed - Sobreviva ao apocalipse zumbi

A ação do jogo ocorre durante a noite, após derrotar as hordas de inimigos você tem o dia para tomar decisões: arrumar o que estragou da sua barreira ou explorar locais na tentativa de encontrar armas e sobrevivente. Durante o dia você terá 8 horas (pontos) para gastar no mapa do jogo. Sua barreira tem uma “vida”, cada vez que ela é atacada você precisa fazer a manutenção e isso consome horas (dependendo do nível do estrago consumirá mais horas para arrumar).

Frontline Zed - Sobreviva ao apocalipse zumbi

Essas horas são essenciais para explorar os locais do jogo. De antemão já digo para não esperarem nenhuma exploração inovadora, é apenas um consumível, você escolhe onde quer explorar e o jogo te mostra o que encontrou (e se é que encontrou algo).

Os cenários do jogo, locais onde você enfrenta as hordas de zumbis são noturnos, alguns são tão escuros que acabam dificultando a visualização do personagem no cenário. Em alguns momentos tive dificuldade para me situar na área e identificar minha posição, devido o breu que meu personagem se situava.

Dificuldade e diferencial entre as áreas

Frontline Zed entrega uma experiência bem desafiadora, são diversas áreas e o nível de dificuldade vai aumentando gradativamente na medida que você vai avançando nas áreas do jogo. Você encontra sobreviventes em sua jornada que ajudam atirando nos inimigos com alguma arma do seu arsenal. Porém eles são extremamente ruins de mira e não ajudam tanto, ao ponto de que se juntar 4 sobreviventes te ajudando eles não conseguem fazer o serviço de 1 jogador.

Frontline Zed - Sobreviva ao apocalipse zumbi

A cada área nova surgem novos “tipos” de zumbi, e também aumenta a quantidade de zumbis que correm loucamente em direção a sua barreira. Portanto é necessário uma boa mira, uma boa arma e estar atento a onda de zumbis.

Frontline Zed - Sobreviva ao apocalipse zumbi

Conclusão

Frontline Zed vale a pena se você é um entusiasta do gênero “Tower Defense” e também sente afinidade por jogos de zumbi. Afinal, ele combina muito bem os dois temas em um jogo que entrega o que propõe.

Um diferencial do jogo é que ele pode ser jogado multiplayer além de estar completamente traduzido para o nosso português brasileiro. Ao todo o jogo oferece 4 horas de jogatina e possui um bom fator gameplay, ideal para jogar com algum amigo.

Infelizmente o jogo me incomodou em alguns momentos pela ausência de inserção de novas mecânicas e também pela descartabilidade dos sobreviventes, eles são muito ruins e quase não ajudam. O gráfico do jogo também não vão encher os olhos de ninguém, pois são extremamente simples e não trazem nenhum diferencial. Sua trilha sonora é bem básica também, porém cumpre o que promete, tudo isso somado a uma sonoplastia ok.

O jogo chegou custando 75 reais em média, convertendo para a nossa moeda (11,99 euros), tem um custo x benefício razoável. Porém de maneira geral é um jogo divertido e desafiador que vai agradar bastante jogadores.

6.4 / 10 Nota Final
Prós
- Mecânica simples e intuitiva
- Possui Português brasileiro
- Desafiante
Contras
- Pegada de jogo flash
- Mecânica única e repetitiva
- Sobreviventes não ajudam
Resumo
Frontline Zed cumpre o que promete, aliando Tower Defense com temâtica de zumbi em uma imersão completa.
Design
Trilha Sonora
Diversão
Gameplay
Custo x Benefício

[Nota do Editor: Frontline Zed foi analisado a partir da sua versão para Nintendo Switch. A cópia do jogo foi gentilmente cedida pela Forever Entertainment para avaliação.]

Paulo Victor
Gamer mineiro apaixonado pela Nintendo desde criança. Acredita que Pikmin 4 chegará em um futuro próximo. Instagram: @pvgm91 Twitter: @_paulo_victor F.C: 6972-9848-6184