fbpx
Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?

Vigil: The Longest Night chega em português, confira primeiras impressões

Vigil: The Longest Night chega em português, confira primeiras impressões

Vigil: The Longest Night, da desenvolvedora Glass Heart Studio e publisher Another Indie, é um metroidvania de horror que combina a narrativa de Lovecraft com a cultura taiwanesa e chega ao Nintendo Switch em 14 de Outubro, por US$21,00, com textos traduzidos em português.

Ambientado em um mundo sem luz solar que é atormentado por monstruosidades bizarras. Você controla Leila, membro da Vigília, que retorna à sua cidade natal em busca de sua irmã perdida e de repente se vê em um mundo de horror inimaginável, enquanto descobre os segredos da cidade e a fonte do mal que assola o campo. Veja abaixo as primeiras impressões de quem jogou Vigil:

“O jogo tem uma ambientação impecável, assim como uma história magnifica que te traz um apego a protagonista. Propoe um desafio real pro jogador, vai precisar estudar muito bem seus movimentos, e apresenta um ótimo sistema de progressão. Tudo está localizado para o Português.”
-Thiago Gomes, BicaNaNuca

“Um lindo metroidvania que bebeu da fonte do Dark Souls, o jogador precisará de cuidar muito da stamina e da esquiva nos combates. Gostei bastante da progressão nas árvores de habilidade e do level design.”
-Paulo Gabriel, Cantina do Mos

“Metroidvania altamente viciante com uma enorme quantidade de segredos a serem encontrados e musica de alta qualidade. Os visuais dos equipamentos ficaram muito bem feitos, não dando a sensação de sobreposição de imagem nas variações deles.”
-Carlos Pena, Play The Game / Teoria Geek

“Vigil apresenta uma arte muito bonita e os inimigos são bem assustadores e desafiadores. Com estrutura de Castlevania, e combate dinâmico ao estilo Bloodborne, é um jogo muito recompensador.” -Guilherme Daniel, Dicecast

Veja o trailer de divulgação abaixo:

Neto Verneque
O corpo do Mario. A sociabilidade do Link. A fome do Kirby. E tão vencedor na vida quanto o Ash Ketchum.