Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
A Short Hike - Uma viagem a um território não tão selvagem assim

A Short Hike – Uma viagem a um território não tão selvagem assim

A Short Hike é um "game arte" que todos deveriam conhecer! Proposta simplista com um conteúdo cheio de sensibilidade única.

“Por mais alta que seja a montanha que nos separa, haverá sempre um bosque florido onde possamos nos encontrar nem que seja em um simples pensamento.” Autor Desconhecido!


Quando eu descobri A Short Hike, do desenvolvedor Adamgryur, me chamou muito a atenção o fato de que esse game foi produzido por um único produtor. Eu que sou apaixonado por games indies e da indústria como um todo, dentro de muitos games indies que já joguei, poderia levar um post inteiro só falando dos melhores e interessantes, mas a ideia aqui é eu apresentar pra vocês um game bonito, cativante, cheio de segredos e relaxante. Vamos subir a montanha juntos!

Claire, a personagem principal, está passando as férias na casa de sua tia e recebe uma ligação importante no seu celular. No entanto ela cai na real quando sua tia lhe diz “minha sobrinha linda e querida, aqui neste lugar não funciona rede de celular, você deve subir até as montanhas pra poder pegar sinal e falar”. Isso me lembra muitas vezes que fiquei sem sinal de celular na vida, o desespero bate!

Essa é mais ou menos a base da história simplista que esse game possui, mas calma, o game vai além disso, e afirmo, abra sua mente para um game charmoso. Bem, agora Claire deve achar um jeito de subir até o alto da montanha, mas a pobrezinha é tão pequenina e frágil que irá precisar de ajuda.

A Short Hike - Uma viagem a um território não tão selvagem assim

Viajando na Poesia Interativa

É aí que entra o fator grande de exploração neste “mundo semi-aberto” que o game te proporciona. Você sai coletando vários itens que te ajudarão a conquistar outros itens e as penas que são bem importantes para que Claire consiga subir até o topo da montanha. Um fator que pode incomodar alguns é que você pode ir direto ao ponto e escalar a montanha em um pouco mais de 30 minutos (coletando direto os itens pra isso), mas A Short Hike é um game de exploração de vida, de sentimentos, não apenas um game pra subir a montanha.

No meio do caminho você encontrará outros animais que tem muito amor no coração e sinceridade na alma, pois é, vale destacar os diálogos interessantes no decorrer do game, quando você encontra um animal habitante daquele “parque ecológico”. Cada animal tem personalidade própria e os diálogos são bem cativantes, por isso vale a pena explorar o game na sua totalidade.

Além disso, você terá muitas missões ou desafios extras para passar o tempo, nada muito desafiador é verdade, mas é uma das formas de relaxar neste universo de A Short Hike. Você poderá jogar uma partida de Voleibol, poderá apostar corridas, pescar e por aí vai.

Finalizando a jornada

Graficamente encantador e estiloso para a proposta do game, você ainda pode optar por deixar o jogo com cara de games do antigo Nintendo DS. Nostalgia pura, som calmo, relaxante e ótimo pra te tirar daquela correria do dia a dia, sem contar que ele condiz com o ambiente a ser explorado. A câmera funciona na maior parte do tempo muito bem, porém tem alguns tropeços raros que não vão comprometer sua diversão no jogo.

Só digo uma coisa, jogue A Short Hike. Não tenha pressa, relaxe e sinta toda a emoção que esse universo tem pra te passar. Você terá em mãos, um dos mais belos e interessantes games indies já produzidos.

9.3 / 10 Nota Final
Prós
- Ambientação "zen" para ser contemplado com os olhos e ouvidos
- Mundo cativante e cheio de segredos
- Diálogos interessantes e divertidos
- Visual estilizado, charmoso
- Som relaxante para combinar com o conteúdo
Contras
- A câmera em raros momentos pode atrapalhar
- Mesmo fazendo tudo, ainda continua sendo um game curto
- Sem localização para a língua brasileira (no Switch) 
Resumo
A Short Hike é um "game arte" que todos deveriam conhecer! É um jogo com uma proposta simplista, mas seu conteúdo é de uma sensibilidade única. Tem um estilo de gameplay mais tranquilo que infelizmente pode não agradar a todos.
Design
Trilha Sonora
Diversão
Gameplay
Custo x Benefício

[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]

Escobar
Além de amar cafés, sou apaixonado por games desde 1980, época de ouro! Amor incondicional por Pixel Arts, Índies e Games Excêntricos!!!! F.C : SW-3494-9190-7812