fbpx
Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?

Dragonborne: o mais novo RPG de Game Boy

Dragonborne: o mais novo RPG de Game Boy

Não, você não leu errado: o estúdio independente Spacebot Interactive anunciou Dragonborne, um novo RPG para o Game Boy, o clássico portátil lançado pela Nintendo no ano de 1989 e que vendeu mais de 118 milhões de unidades em todo o mundo.

O título, um RPG de turnos com múltiplos finais desenvolvido com o GB Studio, está disponível em pré-venda em duas versões: física e digital. A versão digital traz apenas a ROM do jogo. Na edição física, é possível optar entre a versão completa do jogo, com a caixa e o manual de instruções, ou apenas o cartucho. Todas as versões do título estão disponíveis nos idiomas inglês e alemão. A seguir, o trailer e um resumo do inusitado lançamento:

Tralier de lançamento
  • Prepare-se para um novo RPG de aventura para o Game Boy, o desenvolvedor Indie SpaceBot Interactive traz para você o ansiosamente aguardado Dragonborne.
  • Viaje pela região de Argon como Kris, em busca de seu pai desaparecido, Kurtis, o maior matador de dragões que a região já conheceu.
  • Dragonborne é feito com GB Studio e apresenta um sistema de batalha baseado em turnos, várias mini missões e quebra-cabeças que você deve completar para progredir no jogo.
  • Lute em cada uma das cavernas do dragão para enfrentar seus medos e superar os desafios que estão em seu caminho.
  • Você é forte o suficiente para encontrar seu pai e salvar a região antes que o dragão desperte de seu sono?
  • 6 a 7 horas de jogo, quebra-cabeças, masmorras, vários inimigos, várias atualizações de armas e armaduras, trocas de personagem, ranking de seu desempenho no jogo, itens colecionáveis, mini missões, múltiplos finais e muito mais!!

A versão completa do jogo custa £42.00 (aproximadamente R$ 312 na conversão em reais com a cotação da moeda em 29/10/2020) e pode ser adquirida no site da desenvolvedora, com envio internacional para o Brasil.

Dragonborne: o mais novo RPG de Game Boy
Cartucho de jogo

E aí fãs de Game Boy, o que acharam do lançamento de Dragonborne? Vocês gostariam de ver novos jogos no catálogo do portátil “trintão” da Nintendo? Contem para nós nos comentários!