fbpx
Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
Diablo III: Eternal Collection

Diablo III: Eternal Collection ainda vale a pena comprar?

Diablo III é um jogo de RPG de ação hack-and-slash desenvolvido e publicado pela Blizzard Entertainment como a terceira linha da franquia Diablo. Foi lançado para PC e o macOS X em maio de 2012, PlayStation 3 e Xbox 360 em setembro de 2013, PlayStation 4 e Xbox One em agosto de 2014 e Nintendo Switch em novembro de 2018. Os jogadores podem escolher jogar como um das sete classes – Bárbaro, Cruzado, Caçador de Demônios, Monge, Necromante, Feiticeiro ou Mago – e têm a tarefa de derrotar o Senhor do Terror, Diablo, como nos jogos anteriores da série.

O Reaper of Souls foi lançado como pacote de expansão para PC em março de 2014 e para os consoles como parte da versão Diablo III: Ultimate Evil Edition em agosto de 2014. O pacote Rise of the Necromancer veio para Windows, macOS e PlayStation 4 e Xbox One em junho de 2017. Diablo III: Eternal Collection, combinando Reaper of Souls e Rise of the Necromancer, foi lançado para PlayStation 4 e Xbox One em junho de 2017, e para Nintendo Switch em novembro de 2018.

O jogo foi aclamado pela crítica, embora seu recurso DRM sempre ativo tenha sido criticado. O jogo estabeleceu um novo recorde de “jogo para PC de venda mais rápida” ao vender mais de 3,5 milhões de cópias nas primeiras 24 horas de seu lançamento, e se tornou o jogo para PC mais vendido de 2012, vendendo mais de 12 milhões de cópias. Em agosto de 2015, o número de vendas havia crescido para mais de 30 milhões. Agora em 2020 o jogo está em todas as plataformas e tem uma base gamers muito bem formada, mas será que ainda vale comprar o Diablo III: Eternal Collection?

O modo Campanha se passa em Sanctuary, o mundo sombrio de fantasia da Série Diablo, vinte anos após os eventos de Diablo II. Deckard Cain e sua sobrinha Leah estão na Catedral de Tristram (a mesma catedral que foi o cenário de Diablo) investigando textos antigos sobre uma profecia sinistra. Uma estrela misteriosa caindo do céu atinge a Catedral, criando uma cratera profunda na qual Deckard Cain desaparece. O jogo continua seguindo os Atos I ao IV contando a história sombria até a queda de diablo. Após a morte de diablo a Reaper of Souls continua com a corrupção de Malthael, o anjo da morte. O jogador tem que livrar Sanctuary de mais uma ameaça perigosa.

O multiplayer têm se desenvolvido durante o passar desses 8 anos. Você e mais 3 amigos podem se juntar para jogar o modo campanha ou entrar no modo aventura e se divertir com as fendas para vasculhar castelos e masmorras para achar aquela peça rara para ficar mais forte e progredir em níveis mais difíceis. O personagem enfrenta os níveis normal até tormenta XIII. Mais alto a dificuldade, maior vai ser os tesouros. Junto com as fendas, existe as fendas maiores que põe o seu guerreiro a prova. É um teste de resistência e paciência, fazendo você viajar entre cidades, cemitérios, planos celestiais e infernais para derrotar o “Boss” no final. Completando antes de 15 minutos você ganha tesouros que vão te deixar mais fortes e bem preparados para aumentar o nível um pouco mais difícil.

Diablo III: Eternal Collection ainda vale a pena comprar?
Imagem retirado do Blog de Diablo III

Para trazer ao jogadores um ar de competitividade as temporadas foram introduzidas logo após Reaper of Souls e se tornaram o núcleo da experiência de Diablo III. Em Diablo III, todos os personagens compartilham um estoque onde todos os itens acumulados e ouro são armazenados em um baú comum que todos os seus personagens podem acessar, sejam de nível 1 ou 70. Novos personagens de temporadas não apenas começam no nível 1, mas também começam sem acesso ao pote comunitário, o que significa que os jogadores devem começar do zero no início de cada temporada. Isso redefine o “grind”, mas adiciona novas variáveis ​​a cada poucos meses para manter as coisas frescas para todos os envolvidos. Em algumas temporadas, os jogadores podem encontrar goblins duplos (criaturas raras que aparecem aleatoriamente com o tesouro) ou obter dano bônus. Esses buffs de diversão extras adicionam outra camada à experiência do Diablo.

Mas será que depois de 8 anos, vale a pena comprar Diablo III em 2020? E a resposta é sim! Pode parecer um conceito simples, mas essas temporadas significam que a diversão da rotina pode continuar. Além disso, as temporadas vêm com desafios de final de jogo que fazem os jogadores se esforçarem para completá-los, novos itens, novos conjuntos e muitos ajustes e atualizações de equilíbrio. Este sistema garante que os jogadores tenham acesso constante a novos conteúdos.

Diablo III: Eternal Collection ainda vale a pena comprar?
Imagem do Site Oficial do Diablo 3

Você já comprou o Diablo III: Eternal Collection para o Nintendo Switch?


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]