fbpx
Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
nostalgia nintendo

Player 2 – No meu tempo…

Talvez eu esteja apenas ficando velho e nostálgico, ou talvez eu seja aquele tiozão que começa todas as histórias com “no meu tempo…”, mas no meu tempo as coisas eram diferentes.

Nunca imaginei estar vivendo uma pandemia que me impedisse de ver meus amigos, de visitar meus pais. Que me impedisse de sair na rua normalmente e viver como sempre vivi.

Parece algo tirado de filmes e livros de história. Parece um jogo de terror feito exclusivamente para me assustar.

Por sorte eu tenho muitos amigos que me acompanham em momentos assim, difíceis, só…

Eles são encanadores, princesas, guerreiros, macacos e até seres de outros planetas. Vez ou outra jogamos umas partidas de futebol ou nos enfrentamos em alucinantes corridas com karts tunados. Até fazendeiro já fui, mas uma coisa é certa vocês sempre estiveram ali.

Estar com vocês sempre significou estar entre amigos, reunir os amigos, mas com o tempo, a gente foi ficando menos conectados.

Parece estranho pensar que em plena era da informação eu esteja dizendo que estamos menos conectados. Mas quando eu digo isso me refiro a estar conectados com as pessoas.

Hoje tudo parece tão fácil por estarmos onlines. Temos milhares de amigos, mas que lá no fundo, não conhecemos nem uma dezena deles.

Mas por que me sinto assim?

Quando eu era mais novo, eu não tinha uma pilha empoeirada de incontáveis jogos. Meu meu computador não tinha mais de 800 jogos que nunca joguei e provavelmente nunca jogarei. 

Lembro que jogar vídeo game era sinônimo de reunir a galera para desfrutar de horas de diversão. 

Sim, reunir a galera. O calor humano. Tardes e mais tardes jogando Mario Kart no Super Nintendo, saboreando salgadinhos que fediam mais que banheiro químico e bebendo refrigerantes de procedência duvidosa. 

Player 2 - No meu tempo...
Locadora dos anos 90

Nosso multiplayer não era online, era ali, tela dividida, as vezes em duas, as vezes em quatro partes. 

Player 2 - No meu tempo...
Mario Kart
Player 2 - No meu tempo...
GoldenEye 007

E ali valia de tudo. Sacanear o amigo fazia parte. Discussões eram frequentes, mas eram esquecidas minutos depois e resolvidas num duelo mortal em Street Fighter 2.  

Era tudo tão real que mesmo ouvindo frases como “FORTE BOMBA”, “PERIGRO!” e “SAQUE DO GOLEIRO”, era como se aquela voz fosse de algum narrador famoso a plenos pulmões.

O que se perdeu então? O que mudou?

Na verdade nada se perdeu. O mundo apenas evoluiu. Eu mudei, vocês mudaram.

Hoje você pode sim ter milhões de amigos online e digitais e está tudo bem! Hoje você tem a possibilidade de jogar aquele mesmo x1 com seu amigo sem sair de casa e está tudo bem.

A gente ainda pode se reunir e dividir a tela, o sofá, aquele salgadinho mau cheiroso, discutir e decidir tudo em um duelo no Smash Bros. Porque essa é a beleza desse universo. 

Sem bandeiras, sem limites. Aqui você pode ser tudo o que quiser. Visitar tudo o que puder. Viver inúmeras aventuras e fazer grandes amigos que você levará para sempre. 

E vocês nunca foram tão importantes como são nos dias de hoje. Vocês nos alegram, nos cuidam e nos transformam. 

Player 2 - No meu tempo...

Talvez as coisas não sejam mais como eram no meu tempo, mas isso não significa que sejam ruins, só que são diferentes…

Afinal, no meu tempo as coisas eram diferentes…


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]

Ezequiel Covatti
🕹 Um amante da Nintendo desde os anos 80 👨‍🍳 Chef 📖 Escritor 📚 As Crônicas do Rei 📚 Mestre dos Mestres --> linktr.ee/ezequielcovatti