fbpx
Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
Zelda e Zíbia: o espiritismo na Lenda
Artista: John Su.

Zelda e Zíbia: o espiritismo na Lenda

O Espiritismo é uma doutrina interessante para um gamer ateu como este que esboça essas linhas tortas. É interessante porquê como gamer veterano, eu já morri e renasci mais vezes do que posso contar, sempre aprendendo algo novo sobre mim e minha jornada, evoluindo para algo superior capaz de superar meus antigos medos rumo ao destino que se repete até a missão final. E nenhum jogo me remete mais a essa analogia que a série toda de Legend of Zelda.

Zelda e Zíbia: o espiritismo na Lenda
Muitas encarnações do Herói do Tempo.

Resumindo para quem não conhece The Legend of Zelda conta a jornada do Herói do Tempo, da garota chamada Zelda e do Temível Ganon. Cada um deles representa uma força que reencarna de tempos em tempos para que se mantenha o equilíbrio no Reino e no Mundo. O destino dos três está entrelaçado e escrito na forma de um inevitável embate entre o herói, a princesa e Ganon. Eles representam a Coragem, a Sabedoria e o Poder, forças primordiais que devem estar em equilíbrio para que reine a paz no mundo em todas a gerações.

Zelda e Zíbia: o espiritismo na Lenda
Ligados pelo Destino.

Zibia Gasparetto é uma grande escritora de livros com temática espírita. Livros que retratam a questão de como estamos ligados por laços maiores que o sangue, como nossas existências transcendem o tempo e os espaço presas por nosso eterno aprendizado e evolução espiritual buscando sempre aprender e crescer com nossos erros e com as pessoas a nossa volta. Lições de amor e ódio que existem na vida de todos nós e que nos machucam ou nos elevam para superarmos os problemas existentes dentro de nós e dos que amamos.

Zelda e Zíbia: o espiritismo na Lenda

Impossível não perceber como as duas narrativas estão ligadas por um pano de fundo maravilhoso chamado “reencarnação”. Nosso herói, ora chamado de Link ora sem nome, renasce/desperta quando o equilíbrio é quebrado e começa sua jornada de autoconhecimento cheia de perigos, aventuras e inimigos poderosos que exigem que ele se supere e aprenda com cada derrota. Ajudando todos que precisam em seu caminho ele aprende a ser melhor e confiar nos outros. Evoluindo tanto física quanto espiritualmente, crescendo e mudando para melhor aqueles a sua volta para uma convivência mais harmoniosa e feliz. Uma trama digna de Zíbia Gasparetto.

Zelda e Zíbia: o espiritismo na Lenda
Poder, Coragem e Sabedoria.

Quem já teve o prazer e por que não sorte de jogar todos os jogos de Legend of Zelda vivenciou não só os triunfos de Link mas também suas derrotas. Nas linhas temporais do jogo existem aquelas em que o herói vence e linhas onde o seu rival vence. Aliás Ganon e outro grande exemplo de alguém preso pelo destino na roda da reencarnação. Seu nascimento muitas vezes é amarrado á alguma profecia que determina que o predestinado trará mudanças ao mundo. O único homem nascido numa tribo de mulheres, um formidável guerreiro, político e sempre em busca de mais poder, até que esse mesmo poder o corrompa a ponto de quase destruir todo o reino. Me recuso a taxar Ganon como vilão, seu papel é muito mais complexo falta-lhe apenas Sabedoria.

Zelda e Zíbia: o espiritismo na Lenda
A muitas vidas do antagonista.

Sabedoria. Amiga, irmã, guerreira, deusa, princesa, professora e sábia do tempo. Zelda é todas essas coisas e muito mais. A verdadeira heroína do equilíbrio guiando Link, muitas vezes tendo compaixão com aqueles que lhe fizeram mal e se sacrificando para salvar um aliado. Zelda tem noção exata de seu papel e sabe que nem sempre vai vencer por isso faz questão de que todos aprendam alguma nova lição em suas encarnações. Uma mulher forte e carinhosa como Zíbia. Ambas usando seu amor e conhecimento para o bem de todos, como no livro Tudo Valeu a Pena, 2003, Editora Vida e Consciência. Onde pessoas interligadas pelo destino e reencarnações vivem, amam, sofrem e aprendem uns com os outros em ruma à evolução espiritual.

Zelda e Zíbia: o espiritismo na Lenda
Várias Zeldas, a mesma Sabedoria.

Nesse ponto talvez seja melhor voltar ao começo reafirmando que mesmo sem terem ligação real tanto Zíbia quanto Legend of Zelda estão ligadas pelo destino e de certa forma alcançam o equilíbrio.

Zelda e Zíbia: o espiritismo na Lenda
Recomendo

Bom domingo.

Até um domingo qualquer…


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]

NEStálgico
Nerd, nostálgico, pai e professor. Reclamador profissional com PHD em Harvard. Conheço o Mario, e daí? Assopra a fita e bora jogar! Canal Noobice Total, no Youtube!!!