Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021

Fevereiro foi INSANO! Nossa equipe foi pegando os jogos pra testar e passar o feedback pra vocês, e quando vimos, tinham sido nada menos que CATORZE jogos que a gente jogou e vai contar pra vocês o que achamos. E o mais incrível é que todos os lançamentos tem seu público, nenhum é uma perda de tempo, então vem com a gente porquê aqui você vai ver como teve coisa boa!

Entretanto, a gente vai tirar metade para falar mais brevemente por que se não, imagina só o tamanho desse post, mas não se preocupem, pois a grande maioria destes resumidos é porquê estamos preparando um conteúdo exclusivo para vocês!

Sem mais, vamos começar com uma super indicação de um jogo que a gente achou incrível!

Blue Fire

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • R$101,00 na eShop do Brasil (US$20,00 nos EUA)
  • Português: (S)
  • Selo: Surpresa do mês

Sobre o que é:
É um daqueles jogos que parecem muita coisa e ao mesmo tempo nada! Um jogo de ação e aventura, mas com salas extras de desafio que são de plataforma? E ele também tem dungeons à lá Zelda… E ele também usa o sistema de almas de Dark Souls, fora um apelo à dificuldade, mas ele é rápido como Hollow Knight então… É um Hollow Knight 3D Zelda plataformer? Seja como você classifique, muitos desafios te aguardam, num universo paradoxal, pois ele é lindo e charmoso, mas hostil que não dá espaço pra você errar muito…

Nossa impressão de início:
Incrível.
Apesar de ser uma experiência muito bem feita, talvez o que tem deixado esse jogo apagado é seu estilo ‘’parece com esse e aquele’’ tipo… olha esse protagonista…é o Dark Toon Link! Se o jogo investir no que ele tem de próprio e eliminar o ‘’isso aqui parece com…’’ teremos uma IP indie absurdamente forte. Mas ele assim mesmo como está já é uma experiência fantástica que a gente indica muito.

Mais um indie vem marcar a biblioteca do Switch e eu gostaria muito que vocês prestassem atenção nele, ele é:

Haven

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • R$127,00 na eShop do Brasil (US$25,00 nos EUA)
  • Português: (S)
  • Selo: Jogo mais cativante

Sobre o que é:
É difícil explicar sem spoiler, mas, basicamente você acompanha um casal que fugiram juntos numa nave, e estão num planeta habitado somente por entre aspas, animais, e alguma vegetação, que é o que tem servido de alimentação. Você acompanha o progresso deles nessa escapada, enquanto explora o planeta com esses propulsores irados que te fazem sair planando… entretanto, uma energia maligna tem tornado os bichos hostis, e é aí que entra o combate que é em turno em tempo real, e você controla aí os dois ao mesmo tempo, mas o jogo definitivamente não é difícil.

Nossa impressão de início:
Incrível também!
O que precisa ser esclarecido sobre Haven – Ele tem um forte apelo ao relacionamento dos personagens protagonistas. Sim, eles são um casal de namorados, e você vai se apegar à eles! (Alerta de gatilho!) A exploração com os propulsores também é muito divertida de só sair por aí andando, e o combate é interessante também. Entretanto, ele pode decepcionar quem buscava um jogo mais…. movimentado, com mais ação. Nesse sentido, ele não é pra você, mas ele deve agradar a maioria que der uma chance, principalmente se você é do tipo que não resiste a um casal cativante.

Mas chega de jogos difíceis de descrever, o próximo é o já costumeiro roguelike do mês:

Curse of the Dead Gods

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • R$104,00 na eShop do Brasil (US$20,00 nos EUA)
  • Português: (S)
  • Selo: Desafiador do mês

Sobre o que é:
Bom, é um roguelike, e isso já explica muita coisa – morreu volta pro começo, upgrades permanentes e outros temporários, entre outras coisas. Fora isso, é um jogo de exploração de tumbas egípcias, e que foca MUITO no fator ‘’risco x recompensa’’, eu diria que esse jogo tem um dos nomes que mais correspondem ao que de fato é o jogo. Existem vários tipos de acordo que o jogo te propõe, e assim como essas histórias de exploração de tumbas, são acordos tentadores, mas que trazem consequências. Por exemplo, o jogo tem uma sala onde você pode regenerar todo seu HP, mas você vai encher sua barra de maldição mais rápido, quanto mais maldição, mais atrapalhadores vem sobre você… então é um jogo bem provocativo.

Nossa impressão de início:
Muito bom.
Todo mês sai roguelike, vocês que acompanham o quadro sabem. Mas mesmo tendo todo mês, esse jogo, eu diria que está na tier A, ou -A, ele não tá no nível de jogos como Hades ou Dead Cells, mas sua temática que é ótima e pouco visitada, suas opções de escolha variados e seu fator risco x recompensa o tiram daquele limbo de ‘’ah, é mais um’’. Fãs que precisam ficar caçando o que vale e o que não, peguem esse porquê ele vale sim.

O último dessa primeira parte foi um jogo que entrou pra lista enquanto a gente já estava produzindo esse artigo. Foi quase, mas deu tudo certo, e AINDA BEM, pois é um jogo surpreendente:

Fallen Legion: Revenants

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • R$205,00 na eShop do México (US$40,00 nos EUA)
  • Português: (N)
  • Selo: Mecânica de Gameplay interessante

Sobre o que é:
Este não é o primeiro título da série no Switch, Fallen Legion é um JRPG relativamente conhecido pelos mais adeptos ao gênero, no mínimo de reconhecer a série no estilo ‘’já ouvi falar”! Revenants conta com um gameplay muito interessante, se tratando de um combate baseado em turno em tempo real, ou seja, carrega a essência estratégica dos turnos, mas possui a pressão do tempo, e até elementos que exigem reflexo, como por exemplo a defesa que só funciona se você ativar bem na hora do ataque inimigo. O gráfico é bem simples, mas deram um jeito com uma arte mais puxado ao handmade, o desenhado mesmo. Testamos na Dock e ele na verdade não incomoda não. O jogo também trabalha com decisões, como ‘’acreditar no personagem e ir até a rota indicada ou desconfiar?’’.

Nossa impressão de início:
Melhor do que aparenta.
O jogo tem esse gameplay super direto e dinâmico, e apesar dele ser visivelmente um jogo de baixo orçamento, ele também tem um preço reduzido de 40 dólares, o que pra um RPG interessante como ele, está de bom tamanho, entretanto, apesar de não ser complexo, ainda é mais voltado aos já fãs do circuito JRPG.

Agora vai rolar uma sessão nostalgia brava! Tiveram duas collections que a gente pode testar seu conteúdo completo e vamos contar o que tem de melhor em cada uma:

Capcom Arcade Stadium

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • Grátis
  • Português: (S)

Sobre o que é:
A Capcom já tem vários collections de assuntos independentes, como o bundle de beat’em up‘s e o de Street Fighter, mas agora ela juntou diversos títulos independentes de vários gêneros que mostram um pouquinho da sua trajetória nos arcades. Essa coleção pode ser apreciada, de início gratuitamente, mas com apenas dois jogos, 1943 e Ghost and Goblins (sim, o do remake que também saiu esse mês…) Entretanto, vários pacotes são vendidos com bem mais jogos da categoria ‘’luta’’, ‘’tiro de navinha’’ e ‘’ação’’, esses pacotes são divididos por épocas, como de ‘’84 a 88’’. Um vasto menu de otimizações também está incluso, você pode até colocar o jogo em câmera lenta, escolher método de ganhar vidas, etc… A galera mais antiga vai se sentir em casa!

Nossa impressão de início:
Bacana.
É um baita tributo à época dos arcades, claro, mas definitivamente alguns gêneros são mais beneficiados… Os de luta, por exemplo, só tem 4 jogos e dos 4, 3 são versões de Street Fighter II. O grande atrativo perante outras coleções é o fato de ter 2 jogos grátis e você poder escolher o pacote que quiser.

Blizzard Arcade Collection

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • R$80,00 na eShop do Brasil (US$20,00 nos EUA)
  • Português: (S)

Sobre o que é:
Seleção dos mais clássicos jogos da Blizzard, tem apenas 3 jogos, os 3 primeiros da empresa, entretanto, com aquele capricho da Blizz. The Lost Vikings e Blackhorne que estão muito bem de se jogar, mas meus amigos, quem está vendendo essa collection é o retorno de Rock’Roll Racing! Os 3 jogos possuem uma versão definitiva, com melhorias, como por exemplo, no Rock Racing, agora tocam as músicas originais mesmo, e não versões midi! É incrível mesmo, mas além das originais, versões separadas pra consoles também, como SNES, MegaDrive e até a versão 32 bits de Blackthorne. Também inclui um documentário sobre os bastidores da criação desses 3 jogos. Imperdível para os fãs da Blizzard.

Nossa impressão de início:
Muito legal!
É um collection com apenas 3 clássicos, mas dando aqueles mimos que você queria, como por exemplo, uma versão de tela dividida pra 4 jogadores de Rock and Roll Racing. Entretanto pra ter esses mimos, você vai ter de desembolsar R$80,00. Talvez se você só tenha interesse em um deles, melhor esperar uma promoção, mas se você quer jogar ou rejogar tudo até que está bem pago!

E por último, outro tipo de jogo que está sempre nesse quadro, mas dessa vez, na sua melhor versão:

Neo Geo Pocket: Capcom X SNK Match of the Millenium

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • R$42,00 na eShop do México (US$8,00 nos EUA)
  • Português: (N)

Sobre o que é:
Versão pocket de um dos jogos mais amados pelos jogadores de luta, essa versão honra o clássico e traz o crossover épico das duas empresas que reinaram os arcades de luta do início da década de 90. O que impressiona é, primeiramente, a satisfação de rever os dois universos juntos. Sempre bate aquela satisfação! Mas principalmente sua variedade e modos de jogo, mesmo na versão pocket: Para o modo torneio que tem a historinha ali do jogo, você pode jogar nos formatos single, tag ou team, e tem as cenas no final e tudo mais, é caprichadinho. Mas além dele e dos tradicionais modos VS offline e training (o que, lembrando, para um jogo pocket não é comum) tem o Olympic com vários minimodos, como survival, time attack, Ghost Trick entre outros. É muito prato cheio.

Nossa impressão de início:
Excelente!
Esses NEo Geo Pockets são sempre ótimas adições, mas este aqui é um forte candidato à melhor de todos, seja pela sua variedade de modos, seja pelo seu jogo original adaptado aqui, pois Capcom x SNK é um jogaço.

Agora, rapidamente vamos só dar nossas impressões em alguns títulos, mas lembrando, a maioria deles volta ou já tem um material exclusivo para você ver:

KNIGHT’S RETREAT​

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • R$10,00 na eShop do Brasil (US$4,00 nos EUA)

Jogo brasileiro da Qbyte, é mais um da série de puzzles baseados em Xadrez, e a galera está melhorando! Modelos 3D e cenários muito mais bonitos, polimento, menu e aqui você pode esperar puzzles bem desafiadores desde o começo num jogo com bastante fases pra você aproveitar bastante antes de zerar. Veredito: Aprovado!

Skyforge

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • Grátis
  • Português: (N)
  • Selo: Sugestão econômica

MMO gratuito, sim, finalmente temos um! Você joga missões de ação com diversas classes que podem ser alteradas a qualquer hora, e inclusive é vendendo mais classes que o jogo ganha dinheiro, entretanto ele é meio feio, principalmente na Dock e na dock mesmo ele esquenta muito, dá até medo. Mas para jogar portátil, ele é provavelmente a melhor opção que temos hoje! Veredito: Vale o download se você conter o hype.

Persona 5 Strikers

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • R$212,00 na eShop do Brasil (US$60,00 nos EUA)
  • Português: (N)
  • Selo: Destaque Multi do Mês

Em uma frase: Persona 5 Strikers NÃO É UM MUSOU – tanto que não tem warriors no nome- e está bem mais perto do seu jogo original do que Hyrule Warriors de Breath of the Wild, por exemplo, é uma sequência muito digna e está facilmente entre os 5 melhores jogos do Switch desse ano! Sim, é tudo isso mesmo.
Veredito: O juri se ausentou para ir jogar, e você deveria jogar também!

Ghost ‘n Goblins Resurrection

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • R$129,00 na eShop do Brasil (US$30,00 nos EUA)
  • Português: (N)
  • Selo: Melhor jogo retrô

Sobre o jogo não tem muito o que dizer, é um remake bem fiel. Mas o que mais chamou atenção foi a democratização do jogo, ele está mais acessível graças às adições de dificuldades, além de ter um modo coop e melhorado o fator RPG de escolhas dentro do jogo, foi um baita acerto que surpreendeu quem menosprezava antes de jogar. Veredito: Ghost and Goblins Melhorado e mais aprovado do que nunca.

Little Nightmares 2

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • R$163,00 na eShop do México (US$30,00 nos EUA)
  • Tem demo
  • Português: (S)
  • Selo: Destaque do Pedroka.

Esse jogo é INCRÍVEL! Ótimo puzzle plataformer! Ele tem uma temática terror, mas não é um jogo de terror, ele não dá medo, não é isso que ele tenta fazer. Eu recomendo muito a todos que estejam interessados, inclusive, adicionem ao menos o primeiro na lista de desejos porquê ele costuma pegar descontos insanos! Veredito: O júri está morto, senhor… mas eles deixaram um bilhete dizendo que tá muito, mas muito mais que aprovado.

E pra encerrar, a Nintendo já mandou logo dois exclusivos neste mês! (OK, um é exclusivo Nintendo, não do Switch, mas ainda assim…)

Bravely Default 2

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • R$300,00 na eShop do Brasil (US$60,00 nos EUA)
  • Tem demo
  • Português: (N)
  • Selo: Jogo para viciar

O Project N tem uma review completa do jogo aqui. O jogo tem toda uma cara de 3DS/portátil, não sei bem se isso é bom ou ruim, mas se você curtia ficar upando no seu portátil, esse jogo vai te devolver essa vibe com o padrão sistema de batalhas incrível da série. É um ótimo JRPG em turnos. Veredito: Muito bom e gosto de se jogar, e cuidado pra não ficar viciado.

E claro, por fim:

Super Mario 3D World + Bowser’s Fury

Vale a pena jogar no Nintendo Switch? – Fevereiro 2021
  • R$300,00 na eShop do Brasil (US$60,00 nos EUA)
  • Português: (S)
  • Selo: Exclusivo do mês

Que já tem live, vídeo de gameplay, demonstração do modo coop no canal Coelho no Japão e também review completa aqui no Project N. Esse jogo é uma delícia de se jogar, ainda mais em coop. E Bowser’s Fury já deixou todo mundo animado, mesmo sendo uma, entre aspas, expansão, mostrou todo um novo modo de se ver 3D World e já demonstra que a Nintendo nunca vacila com Mario. Veredito: Felinamente incrível e aprovado.

E por incrível que pareça, ainda teve mais jogo bom, só que não dá pra jogar tudo que sai! Então a gente separou uma lista para vocês com outros destaques que a gente não jogou, mas estão sendo bem falados:

  • Littlewood – US$15,00 – Português: (N).
  • Rogue Heroes – US$20,00 – Tem demo – Português: (S)
  • Taxi Chaos – US$35,00 – Português: (S)
  • Dry Drowning – US$25,00 – Português: (N)
  • UnderMine – US$20,00 – Português: (S)