Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
gallicwars

Gallic Wars – É tempo de conquistar Roma!

Se torne o comandante das forças gaulesas e destrua o exército romano em Gallic Wars!

Gallic Wars é um jogo de estratégia no estilo Roguelike desenvolvido pela MadGamesmith e publicado pela Ultimate Games e será lançado na próxima semana, dia 28 de março de 2021.


Ele tem por objetivo liderar as tropas gaulesas na invasão a Roma, derrotando os exércitos romanos, conquistando novos territórios, adquirindo novas tropas para aumentar o poder do seu próprio exército e se utilizando de habilidades especiais que vão desde simples barricadas para impedir o avanço dos oponentes até mesmo gigantes bolas de fogo enviadas dos céus que destroem uma boa parte dos inimigos se forem usadas com sabedoria.

Mas afinal, como o jogo funciona?

A primeira tela que nos é apresentada é a tela de configuração padrão de qualquer jogo. Temos o botão para iniciar a campanha, o tutorial e opções, que traz uma pequena gama de modificações que inclui idiomas. Esse é um ponto interessante para nós, já que o jogo possui tradução para português o que é bem importante para aqueles que não possuem conhecimento em outra língua, já que o jogo tem uma quantidade considerável de textos e informações importantes que devem ser lidas.

O tutorial é bastante simples e rápido, por isso talvez, ele não contempla todas as informações relevantes para a jogatina. Você completa ele em pouco mais de 2 minutos e alguns detalhes importantes acabam ficando de fora.

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!

Ao entrar na opção campanha você é levado para a tela do mapa. Que mostra onde suas tropas se encontram (ícone do estandarte azul e branca), a quantidade de tropas disponíveis (numero abaixo dos ícones do tipo de tropa no canto superior esquerdo, tropas vivas/total disponível) para o ataque, e o tipo de tropas disponíveis (Espadachins, Lanceiros e Arqueiros).

Os pequenos “peões” vermelhos no mapa informam os territórios dominados pelos romanos aos quais você pode atacar. Com o cursor em cima você encontra três informações de extrema importância na hora de decidir o seu próximo ataque.

Forças Romanas: que indica a quantidade de inimigos que você irá enfrentar, nesse caso 12 unidades.

Recompensas: Tipo e quantidade de tropas que você irá receber como prêmio se o ataque for bem sucedido. Nesse caso 1 espadachim e 2 arqueiros.

Peão Romano: O ícone que indica quais tipo de tropas você irá enfrentar. Que são exatamente os mesmos das tropas gaulesas. Nesse caso apenas espadachins.

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!

Outra informação importante que essa tela já nos apresenta é que o jogo é baseado numa ideia de deck de cartas. Que apresenta a carta com seu desenho e uma pequena descrição das suas habilidades ou efeitos.

Após escolher qual território atacar é a HORA DO DUELO… não pera, acho que isso é outro jogo.

Batalhas e suas fases

As batalhas são dividias em três fases, Desdobramento, Planejamento e Batalha. Cada uma dessas fases tem sua importância no resultado de cada embate, podendo te levar as glórias da vitória, ou as dores de uma derrota dolorosa.

Logo que somos apresentados ao mapa devemos levar em consideração duas informações de suma importância. Primeiramente os espaços demarcados pelas linhas verdes, são eles que nos mostram onde poderemos colocar nossas tropas e armadilhas, sim teremos a possibilidade de usar cartas de “armadilhas”. Já os espaços demarcados pelas linhas vermelhas, demonstram de onde virão os ataques romanos. Um ponto interessante é que você nunca sabe onde o adversário irá posicionar suas tropas dentro do espaço vermelho, então algumas vezes você acaba posicionando suas tropas de forma errada e precisa se virar na hora da batalha para não perder o embate.

Na primeira fase, Desdobramento, você escolhe onde posicionar suas tropas podendo dividi-la em 4 “cores”, são os estandartes, azul, roxo, amarelo e preto. Essa escolha é importante pois você dará os comandos para toda a tropa na hora da batalha, se caso você colocar todos os seus guerreiros em uma única cor, eles vão atacar todos juntos ao mesmo comando, sejam eles espadachins, lanceiros, arqueiros ou qualquer um com uma habilidade especial (sim tem cartas com habilidades especiais). Por várias vezes optei usar cada cor pra um tipo de tropa e deixava a preta para usar com as habilidades, outras vezes usava as cores para dividir as tropas em cada um dos espaços disponíveis, enfim, cada batalha você pode criar uma nova estratégia.

Nessa fase você também pode utilizar as habilidades que ficam disponíveis no canto inferior esquerdo pelo botão R. No primeiro caso foi utilizada uma catapulta que está posicionada bem no centro abaixo. No segundo caso temos uma carta de habilidade que transforma um integrante da sua tropa em um homem bomba.

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!

Nesse segundo caso também aprendemos que algumas habilidades e cartas possuem um nível de raridade, no caso a Granada da Barrigada de raridade “Common ou comum” causa um “pequeno raio de explosão”

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!

Já a sua versão “Legendary ou Legendaria” causa um “grande raio de explosão”

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!

Sempre que você ganhar uma nova carta de habilidade e/ou armadilhas ela ficará disponível nessa seção.

Após organizar e posicionar suas tropas você inicia a segunda fase, Planejamento, que nada mais é do que a fase onde você pode ou não criar rotas de movimentação para suas tropas. Assim na hora que você der o comando durante a fase da batalha cada tropa irá se mover até os pontos que você pré-definiu nessa etapa. Os “caminhos definidos” por você ficam marcados pelas linhas pontilhadas que vão das suas tropas até o estandarte referente a sua cor. Você pode criar vários caminhos para uma mesma tropa, mas elas sempre irão se movimentar ponto a ponto, ou seja, vão até o primeiro ponto, depois o segundo e assim por diante sempre seguindo a ordem inicial.

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!
Linha pontilhada indicando para onde as tropas devem se movimentar na etapa da batalha.

E a ultima etapa, Batalha, já é alto explicativa, é nela que você verá se todas as estratégias criadas por você terão resultado. Durante essa etapa você pode “controlar” suas tropas mandado elas atacarem ou baterem em retirada. Se você mandar uma tropa bater em retirada e você não tiver mais tropas vivas você perde automaticamente. Mas caso você use essa tática para fazer os romanos seguirem uma tropa qualquer até uma outra tropa que está só esperando para massacrar os inimigos, pode ser uma boa estratégia.

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!
Romanos sendo massacrados pelos valentes gauleses

Cartas Especiais

Não é preciso ser um grande observador para perceber que a ideia do jogo bebe da fonte do eterno conflito entre a pequena vila gaulesa comandada por Astérix e sua turma contra as investidas dos exércitos romanos. E isso fica ainda mais evidente quando conhecemos as cartas especiais. Que são cartas desbloqueadas durante sua campanha que dão as suas tropas novos aprimoramentos nas habilidades, aumento no numero de tropas disponíveis, entre outras. E se você não entendeu o que estou dizendo eis algumas cartas e suas habilidades.

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!
Qualquer semelhança…
Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!
…não é mera coincidência.

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!
Clementa e sua poção da moral

A conquista de Roma

O objetivo principal do jogo é a conquista de Roma e para isso você deve estar atento a dois detalhes primordiais, quais batalhas lutar e quais batalhas possuem as melhores recompensas.

Conforme você avança pelo mapa, novos desafios vão surgindo, cada vez mais tropas romanas irão te atacar e maiores serão as recompensas por vencer cada batalha, mas lembre de escolher cada confronto com cuidado, pois uma única derrota significa fim de jogo e uma nova campanha deve ser iniciada.

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!
Conforme você avança territórios mais inimigos e recompensas te esperam.

Ao final de cada batalha você pode utilizar suas tropas restantes para tentar conquistar algum território ao seu redor ou avançar e recuperar todo o seu exército, porem todos os territórios e recompensas deixadas para trás não estarão mais acessíveis.

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!
Numa guerra você precisa tomar decisões a todo momento

Ao termino de cada embate é mostrado as estatísticas da batalha e suas recompensas.

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!
Estatísticas e recompensas

Quando finalmente você chegar a Roma, se o caminho escolhido lhe rendeu um bom numero de tropas e habilidades a batalha aqui não apresentará grandes dificuldades.

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!
Forças romanas 136 tropas, enquanto meu total de tropas era 173

Ao vencer o ultimo confronto uma nova campanha se inicia e novos desafios se apresentam a você, ok talvez nem tão novos assim mas você entendeu.

Gallic Wars - É tempo de conquistar Roma!
Tela de vitória com o resumo de toda a campanha

Conclusão

Apesar de trazer um tema nostálgico e até mesmo tentar nos imergir nesse universo com cartas que lembram Astérix e sua turma, o jogo é bastante simples e se torna um pouco repetitivo com o passar do tempo. Eu mesmo venci uma campanha inteira na segunda tentativa e usando uma única estratégia, quantidade de tropas maior que o adversário. Claro que se você quiser utilizar todas as armadilhas e habilidades o jogo pode se tornar mais atrativo, mas se eu não preciso realmente usar qual o sentido?

Talvez com uma curva de dificuldade aumentada e uma maior variedade de mapas e habilidades, poderíamos tirar um maior proveito do jogo, mas para que isso aconteça um terrível problema deve ser solucionado, a câmera. O controle da câmera no Switch se dá ao pressionarmos o analógico direito e move-lo, para baixo e para cima para aproximar e afastar, ou para os lados para girar em 360 graus. O problema é que o menor movimento que você faz, a câmera girar igual o peão da casa própria. Teve vezes que perdi alguns minutos só pra conseguir ajustar um ângulo decente. Talvez em outras plataformas com mouse e teclado esse problema seja inexistente, mas não estamos jogando em um PC, estamos?

A ideia de trazer cartas de habilidades com níveis de raridade não é nenhum pouco inovadora mas é bem bacana, eu mesmo adoro esse sistema.

Talvez com alguns ajustes, campanhas maiores e mais desafiadoras, maior diversidade de mapas e tropas, Gallic Wars se tornaria um jogo bem desafiador e divertido, não que não seja, não me entenda mal, mas ele pode mais.

6.3 / 10 Nota Final
Prós
- Referências ao clássico Astérix
- Suporte a língua portuguesa
- Aprendizado simples
Contras
- Controle de câmera nada funcional
- Pouca variedade de modos de jogo
- Repetitivo
Resumo
Um jogo divertido, mas infelizmente a diversão dura pouco.
Design
Trilha Sonora
Diversão
Gameplay
Custo x Benefício

[Nota do Editor: Gallic Wars foi analisado a partir da sua versão para Nintendo Switch. A cópia do jogo foi gentilmente cedida pela Ultimate Games]


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]

Ezequiel Covatti
🕹 Um amante da Nintendo desde os anos 80 👨‍🍳 Chef 📖 Escritor 📚 As Crônicas do Rei 📚 Mestre dos Mestres --> linktr.ee/ezequielcovatti