Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?

RESPONDE NINTENDO #7 – Desmentindo “Nintendo só vive de reciclar jogos antigos” e mais pérolas haters

RESPONDE NINTENDO #7 - Desmentindo "Nintendo só vive de reciclar jogos antigos" e mais pérolas haters

O Responde Nintendo de 16 de Abril, do canal Coelho no Japão, vem desmentir algumas mentiras que falam sobre a Nintendo apenas reciclar jogos antigos e mais, confira abaixo!

#1- Nintendo só tem Mario e Zelda

Bom, se considerarmos jogos que tiveram pelo menos vendas razoáveis e que tiveram pelo menos um jogo nos últimos consoles (DS, Wii, 3DS, WiiU e Switch), ela só tem Super Mario e The Legend of Zelda mesmo. E Pokémon. E Smash Bros., claro. Ah, Animal Crossing também. E Splatoon. E Fire Emblem, e Xenoblade, e Astral Chain, e Metroid, e Donkey Kong, e Kirby, e Pikmin, e ARMS, e a série Fit, e Star Fox, e Clubhouse, e Sin & Punishment, e Punch-Out, e Rhythm & Heaven, e Wario, e Ever Oasis, e F-Zero (que não cumpre o requisito de ter jogo novo mas a gente segue contando mesmo assim), e Fatal Frame (que ela comprou então é dela também)…

E se eu fosse falar tudo, a matéria ia ser só disso porque ainda tem MUITO MAIS. Então não, passa longe de ser só Mario e Zelda. Mas ainda relacionado a isso:

#2- Nintendo não inventa séries novas, só recicla as velharias de sempre

A Nintendo é uma das empresas que mais criam ou financiam novas séries! Na era Nintendo Switch eles colocaram de uma a duas IPs novas por ano no mercado. Muitos desconsideram, e eu entendo o motivo (1-2-Switch), mas Snipperclips já teve 2 jogos e é maravilhoso. Não está bom o suficiente? Já tivemos Ring Fit Adventure que vendeu incríveis 10 milhões de unidades (não dá pra ignorar esses números e por consequência essa série) e é fantástico. Astral Chain é um dos melhores jogos de 2019, muito recomendado, temos ainda uma matéria sobre Astral Chain vs. Bayonetta aqui no portal.

E não podemos esquecer do inovador ARMS que é um jogaço subestimado. Uma franquia menor que eles trouxeram foi Good Job! também, que é interessante, na vibe Overcooked! Só na era Switch nestes 4 anos foram 9 IPs novas!

Recentemente ainda, mesmo antes do Switch, na era WiiU, tivemos Splatoon também que dispensa comentários! No 3DS, Ever Oasis, que infelizmente pouca gente conheceu por sair no final do 3DS, já tinha Switch, mas ela criou!

Sem contar Xenoblade, que ja tem 3 grandes jogos e muitas DLC, Pandora’s Tower, The Last Story, Nintendo Land que era demais, Dillon’s Rolling Western, etc. Estamos deixando mais de 20 de fora da lista, só dos últimos 10 anos.

Esperando o argumento “eu não gosto, então não existe”. Tudo bem, você pode mudar de argumento agora que foi REFUTADO quando disse que a Nintendo não traz IPs novas e só vive de Mario e Zelda.

Todo mundo que não ignora as informações está careca de saber quantas séries eles mantém ativas. Abastecer isso é um baita trabalho. E é normal empresas com séries muito consolidadas manterem essas séries, por exemplo, que nova IP a Rockstar lançou nos últimos anos? A Blizzard antes de Overwatch?
Hearthstone e Heroes of the Storm não são consideradas IPs 100% originais por usarem personagens que já existem. Activision? A Capcom não lança uma nova IP grande há quanto tempo?

Não estou de forma alguma desmerecendo o trabalho dessas empresas, porque elas tem sim IPs novas e trazem sim jogos fantásticos para o mercado. Meu objetivo aqui é apenas mostrar como é bobo esse argumento de que a Nintendo não faz isso. Me parece as vezes que as pessoas dizem isso por pura birra com a empresa, por não curtir as coisas que ela oferece.

Agora é natural que empresas como a Microsoft que ainda estão meio que “formando seu time” também lancem bastante IPs novas, afinal, quando você não tem um portfólio grande de séries consolidadas, você precisa passar por um período de ir criando e arriscando e consolidando. E a Microsoft além disso ainda está comprando vários estúdios e várias IPs pra aumentar sua competitividade. Bom para eles e para quem assina o Gamepass.

Mas voltando a Nintendo, considerando o tanto de IP consolidadas que ela tem, a empresa cria novas IPs PARA CARAMBA! Significa que a gente não quer mais? Claro que não, queremos mais, sempre, grandes jogos! Pode mandar vir, Nintendo!

Mas quem diz o contrário deve estar meio desinformado. E essa questão ainda tem uma outra variação:

#3 – Nintendo faz as mesmas séries desde o Super Nintendo

De fato, se você pega a era clássica do SNES e Nintendo 64, MUITAS séries ainda estão ativas, mas o segredo é que a Nintendo enxerga várias das suas séries como um “recipiente para novas ideias”, como por exemplo: Kirby. Você consegue apontar uma coisa em comum nos seus jogos para descrever como funciona a série Kirby, além dos seu universo propriamente dito, os personagens, vilões, etc? Não dá! Ele tem jogo de luta (Kirby Fighters 2), ele tem jogo que ele é uma bolinha de massinha (Rainbow Course), ele tem jogo 3D (Blowout Blast) ele tem até um Boss Hunter (Super Kirby Clash), ele é feito de lã (Epic Yarn), de massinha, enfim… Então por mais que a IP seja velha, os jogos são diferentes. Zelda, só no Switch vai de “iti malia peguei um peixinho” até “ACORDEI O DEMÔNIO”!

Inclusive muitas séries tem um problema com a fanbase porque cada jogo é único, mas os fãs queriam que seguisse um padrão, como é Paper Mario, o último é EXCELENTE, mas ele é muito diferente, então os fãs antigos reclamam.

E há que, reclame também que “mas é Mario”, eu jogava Mario no Super Nintendo e é um jogo TOTALMENTE DIFERENTE. É forçar muito a barra tentar desmerecer o gosto dos fãs desses jogos com esse argumento.

Enfim, a Nintendo pode repetir muita série, mas o que você faz nelas é sempre novo e com certeza compensa isso.

#4 – Nintendo não tem bons gráficos – mais conhecido como – os gráficos da Nintendo são tudo lixo

A Nintendo pode não investir em gráficos REALISTAS, mas nos gráficos cartunescos, é difícil bater! Por exemplo, o Switch é bem mais fraco que o PS4, certo? Mas vejam um jogo cartunesco da Sony, o Little Big Planet 3 ou Knack:

E comparem com Luigi’s Mansion 3 ou Mario Odyssey:

Vamos pra Microsoft? Olhem Sea of Thieves ou Sunset Overdrive:


E todos esses jogos que nós mostramos da Sony e Microsoft são bons jogos, não pegamos nenhuma porcaria não. E isso comparando com Switch, vamos comparar com jogos que vieram do WiiU que é ainda mais fraco?

Mario Kart 8 é uma bruxaria, não tem explicação um jogo de 2014 em um hardware como WiiU ser tão bonito. Fora essa LINDEZA aqui:

(Nintendo… Nintendo… NINTENDO! Olha esses lugares, esses bichos, esses cenários! Você trouxe tudo do WiiU menos esse jogo pro Switch, agora que você começou com esse negócio TERMINE! Estamos combinado? Então beleza!)

A Nintendo é muito caprichosa nos seus gráficos e ela extrai muito bem o hardware dos seus consoles. O que acontece MUITO é que ás vezes as pessoas não estão acostumadas com um estilo gráfico e não percebem a diferença de um melhor pra um pior porque pra ela “é tudo igual”, mas isso é uma falha do observador, não do objeto observado. Por exemplo, vejam essa mentira aqui:

#5 – Animal Crossing tem gráfico lixo de jogo de rede social

É sério? Vamos pegar no Switch mesmo. É sério que as pessoas não vêem diferença disso (trailers da versão de PlayStation 4, inclusive):

Para isso?



O estilo do design pode ser parecido, mas claramente Animal Crossing é MUITO mais caprichado. O especialista em análise técnica da GameXplain fez um vídeo só sobre análise de aspectos técnicos do jogo, julgando que foi um salto de geração notável. Eu recomendo muito que os céticos vejam, cliquem aqui. Então, não misturem gráficos realistas com cartunescos e arte design semelhante com equivalência gráfica. Combinado?


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]