Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
Minha experiência na loja oficial Nintendo Tokyo (com vídeo)

Minha experiência na loja oficial Nintendo Tokyo (com vídeo)

No Japão é bem difícil iniciar conversas com desconhecidos. Mesmo que nunca tenha vindo aqui, você já deve ter visto em filmes ou animes cenas do interior dos trens silenciosos daqui. Dificilmente puxa-se conversa com o passageiro ao lado para falar com clima, criticar o Primeiro-Ministro ou comentar o último dorama do momento. Fica cada um entretido no seu mobile game, lendo um mangá, ou trocando mensagens no LINE. Mesmo em lojas, é difícil achar um estabelecimento em que atendentes dão atenção ao ponto de tomar a iniciativa de iniciar um diálogo propriamente dito, que vá além de recomendar produtos e informar as promoções.

Aí reside meu primeiro estranhamento positivo ao entrar na Nintendo Tokyo, a loja oficial situada na capital japonesa. Estava eu vestindo uma caminha com estampa de Super Mario World e fazendo filmagens para o canal do Coelho do Japão. Já nos primeiros minutos, uma das simpáticas mocinhas veio me abordar, fazendo-me automaticamente entrar em modo alerta: putz, já vão reclamar da gravação e pedir para guardar o smartphone. Doce engano! A mocinha abriu um sorriso de deixar qualquer otaku vomitando arco-íris e mandou um melódico “que camisa legal!” Por algumas frações de segundo eu pareci ter esquecido todo o japonês que venho aprendendo nesses 20 anos de estudo/prática – que, aliás, deve ser o tempo que aquela mocinha tinha de idade. Meu amigo… Fazia tempo que uma gatinha dessa faixa etária não puxava conversa com o tiozão aqui… Tentei me recompor o mais rápida possível e passamos a ter um agradável papo sobre minha paixão por Mario World e Mario 3, bem como ela ter conhecido a franquia a partir do Mario Sunshine. A conversa evoluiu para impressões sobre a vida em Tóquio e minha visão de estrangeiro erradicado no Japão.

Mas voltemos à realidade. Sabemos que são pessoas treinadas para atender bem os clientes e entretê-los de forma que se sintam acolhidos, à vontade para gastar e retornar sempre. Seja essa a estratégia de vendas, ela é muito bem sucedida em proporcionar uma divertida e aconchegante experiência. Você se sente quase em um parque de diversões, com atrações feitas sob medida para você, fã da Nintendo, e pessoas atenciosas preparadas para atender bem e tirar dúvidas.

Além disso, a loja está situada em uma filial da Parco, grande rede de lojas de departamentos japonesa, dispondo de bela estrutura com restaurantes, banheiros limpinhos, e a comodidade de estar a apenas uma caminha da 5min da estação de trem Shibuya, um dos principais hubs de Tóquio. No mesmo andar, ainda há atrações imperdíveis aos nerds de plantão, como o Pokemon Center, a Capcom Store, e a Jump Shop: preparem os bolsos.

E como em tempos de pandemia não é hora para pensarmos em viagens desnecessárias, em nossa parceria com o canal Coelho do Japão realizamos este vídeo onde você pode conferir com seus próprios olhos toda a surra de Nintendo que essa fantástica loja proporciona. Não se esqueça de se inscrever no canal e deixar o seu importante like!

Teste pra cardíaco!

Caso queira tirar dúvidas sobre a loja, deixe aqui seu comentário ou me procure no Twitter em @limadaniel58.

E aí? Que produtos você não poderia deixar de trazer da Nintendo Tokyo?


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]