Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?

Top 31 – Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

Trimestralmente, nós fazemos o nosso “Top 31 do Trimestre”, entretanto, esse quadro, como ranking, só iniciou o segundo trimestre de 2020, então agora finalmente fechamos 4 rankings trimestrais. E o primeiro trimestre do ano tem um brilho especial, pois podemos chamar de “os 31 melhores jogos do ano até agora”, mas se vocês estão vendo por esse sentido, lembrem de voltar daqui a 3 meses pois essa série é muito útil e muito legal de fazer, então sempre fica legal.

Senhoras e senhores, é com prazer que lhes mostro a nossa seleção dos 31 melhores jogos de 2021, os 31 melhores jogos do primeiro trimestre do ano, e que venham os próximos trimestres e rankings! LEMBRANDO que, esse ranking cobre JANEIRO, FEVEREIRO e MARÇO (mas eu tenho certeza que vai ter alguém nos comentários “cadê Pokémon Snap?”).

31/30- Blizzard Arcade Collection / NeoGeo Pocket Color Collection Part.1

Para começar, a gente quis incluir duas coletâneas no top 30 e novamente acabar formando um top 31 nesse quadro.

A coleção dos 3 primeiros jogos da história da Blizzard está caprichada e trouxe de volta o saudoso “Rock n’ Roll Racing” melhor do que nunca, com as músicas tocando MESMO, em vez de versões midi, inclui também tela dividida entre outras coisas. Já o NeoGeo Collection apostou num pacote com 10 jogos, com pouca ou nenhuma melhoria, mas com títulos muito interessantes como “SNK x Capcom: Match of the Millenium”, “Dark ARMS”, “Metal Slug Second Mission” e “Last Blade Beyond Destiny” entre outros. As duas coleções estão mais do que aprovadas.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

29- Tadpole Treble Encore

Provavelmente o primeiro jogo que você não conhecia a aparecer aqui na lista. Esse jogo apareceu primeiro no Wii U e voltou agora numa edição melhorada. É um jogo rítmico onde você precisa desviar de obstáculos, só que aí é que está o grande diferencial genial: A fase é a partitura das músicas e os obstáculos, as notas. E sim, é a partitura real, não algo que lembre (OK, com algumas adaptações técnicas da área musical que não vamos entrar aqui, mas enfim). Divertido, cativante e criativo, Tadpole Treble Encore é um jogo acessível pelo seu baixo valor e vai te agradar com certeza.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

28- Bladed Fury

Saindo de um jogo fofinho para pancadaria chinesa, em Bladed Fury você é uma princesa que precisa investigar o que está causando o caos em seu país, enquanto averigua o assassinato de seu pai que foi morto por… você! Pois ele se transformou em um monstro. Seu combate é bem gostoso e sua progressão é satisfatória pois mesmo os inimigos comuns nas fases dão lá seu trabalho e vão exigir estratégias.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

27- APEX Legends

Apex, Apex… Era pra você estar no top 10… O jogo ainda é o mesmo, ou seja, um battle royale divertido que incorpora o Team Battle, com skills pra cada personagem e a necessidade de cooperação de time. Mas seu port… Além de perdas no visual, existem travamentos que podem te fazer perder uma partida, fora que o jogo esquenta MUITO, então se seu Switch já não anda muito bem de cooler, tenha cuidado. E mesmo sendo grátis, tem que lembrar que você vai precisar de 30 gigas no seu SD. Complicado.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

27.5- Skyforge

Outro jogo bom mas com performance preocupante, Skyforge ao menos tem uma desculpa melhor que é o fato de ser um MMO RPG, e mesmo com seu gráfico completamente borrado e o seu Switch quase pegando fogo rodando, talvez ele ainda seja o que há de melhor para se jogar no Switch em termos de MMO RPG, um gênero extremamente carente, mas que agora recebeu pelo menos um jogo OK pra você jogar.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

26- Rhythm Fighter

Bom, mas é claro que vai ter roguelike na lista né? Esse jogo traz um estilo cartoon puxado ao cômico o que combina com sua proposta de gameplay: você deve atacar ou desviar dos ataques no ritmo. Um roguelike sobre andar e atacar no ritmo, onde que eu já vi isso? Sim, em Crypt of the Necrodancer, ele é basicamente uma versão 2D em termos de proposta, mas é mais fácil também, o que é bom, já que o Crypt afasta players pela alta dificuldade, e é uma temática de combate e invasão espacial, que tem aí seus fãs. Enfim, pode não ser o jogo mais original, mas é divertido e bom o suficiente pra valer o investimento.

Iris.Fall

25- Iris.Fall

O primeiro puzzle plataforma sombrio da lista (surpreendentemente, haverão outros, mesmo sendo um estilo bem específico), Iris.Fall vai abusar de puzzles envolvendo a sua sombra, trabalhando com a questão de troca de planos ou troca de perspectiva. Seus puzzles são dinâmicos, ele não é um jogo que você faz a mesma coisa sempre, entretanto, muito deles são puzzles de achar uma combinação específica, e estes meio que dá pra você achar na base da tentativa e erro. Ainda assim, é um jogo com uma ótima estética, e uma progressão bem divertida.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

24- Fallen Legion: Revenants

Falando em progressão divertida, Fallen Legion: Revenants é o segundo jogo da série no Switch. O game traz um combate MUITO legal de turno em tempo real, aplicando até elementos que exigem de fato coordenação motora, como perfect shield. Mas como comecei dizendo, o legal é sua progressão, pois ele é quase um RPG arcade. Batalha, vence, corre por um corredor enquanto lê a história, mais batalha, e repete. Ou seja, se você é um fã de RPG que quer algo diferente e adora batalhas interessantes, anota essa dica.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

23- Kaze and the Wild Masks

Nosso representante brasileiro é um jogo de plataforma 2D que tem adquirido bastante prestígio pelos saudosistas dos anos 90 ou apreciadores desse gênero dessa época. Em Kaze and the Wild Masks você tem um jogo completo, com coletáveis e conquistas para garantir o fator replay, tornando um jogo algo que possibilita ir além do ‘’passar de fase e acabou’’. Sua principal característica, porém, é seu triunfo e sua maior crítica: o jogo é bem parecido com Donkey Kong Country, de um jeito que faz com que qualquer fã da trilogia clássica quase que instantaneamente goste do jogo, mas, ele pode perder o interesse pra alguns que vão se sentir jogando ‘’o mesmo jogo com skin diferente”.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

22- Curse of the Dead Gods

A exploração de dungeon é quase sempre retratada por uma coisa mais RPG, de cavernas á lá Dungeon and Dragons, uma coisa mais medieval e etc. Mas aqui nós temos uma temática excelente e pouco explorada que é a exploração de tumbas egípcias. Esse jogo honra o nome que tem (maldição dos deuses mortos, aproximadamente), ele é provocativo, existem vários pactos que podem ser feitos que te dão benefícios, mas exigem sacrifícios. A famosa relação “risco x recompensa”. É um roguelike que tem conquistado cada vez mais jogadores.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

21- DARQ

Segundo puzzle plataforma sombrio, DARQ é o amigo psicodélico do rolê (e olha que esse tipo de jogo já é tudo psicodélico). Sua estética meio surrealista meio Tim Burton é show, e seus puzzles vão usar essa “psicodelice”, se podemos dizer assim, para serem resolvidos, então se você gosta de um jogo onde a resolução dos quebra-cabeças usam uma física irreal, acaba de achar seu jogo. E tem uma review completa aqui no portal, caso você se interesse.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

20- Everhood

Uma mistura inusitada, Everhood é um RPG estilo retrô, que também dá para dizer que tem uma estética bem peculiar, mas ainda mais peculiar é seu combate, que consiste em desviar de projéteis que são atirados ao estilo de jogos musicais. Só pra deixar claro, ele não é um jogo musical ou sequer rítmico, mas é uma abordagem diferente para entrar naquelas listas de jogos onde você experiencia algo que pode lembrar isso ou aquilo, mas igual mesmo, não tem.

Chegando no top 20, vamos dar uma relembrada em jogos que também chamaram atenção nesse começo de 2021 (embora uns marcaram no sentido negativo):

  • Ballan Wonderworld
  • Harvest Moon: One World
  • Dark Legends
  • El Hijo
  • Redout: Space Assault
  • Capcom Arcade Stadium
Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

19- Tales from the Borderlands

Produzido pela Telltale, já renomada empresa de jogos narrativos, Tales from the Borderlands aprofunda ainda mais todo o rico universo da série Borderlands. É um jogo pra um público bem específico, eu sei, mas Borderlands tem muitos fãs e caso você seja um deles e goste dos personagens e da trama da série, aqui você terá um caprichado conto para apreciar.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

18- Story of Seasons: Pioneers of Olive Town

E finalmente a série Story of Season (o verdadeiro Harvest Moon) estreou com um jogo novo no Switch! Após o remake Story of Seasons: Friends of Mineral Town que foi até que bem aceito, mas era um remake, agora temos a Marvelous trazendo um jogo realmente novo e nos mostrando a visão mais atual dela pra série. Story of Seasons: Pioneers of Olive Town é bom, ele pega carona no crafting de Animal Crossing e Stardew Valley, e segue com o estilo artístico ultra apelado ao cativante, o fofo/cute. Porém tem seus problemas de performance e um excesso de mecânicas novas como as máquinas que você constrói e em pouco tempo elas passam a ser muitas. Mas ainda é o jogo que muitos estavam esperando e agora podem aproveitar. E também tem uma review completa sobre o jogo aqui no portal, confira!

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

17- Gnosia

Essa novel é basicamente um Among Us singleplayer! Existe um traidor no grupo, e você deve investigar e votar com o grupo por sua eliminação. Eu não estou brincando, é isso mesmo! Mas ele tem um estilo visual bem único e sua trama, mesmo que tenha calhado de ser como “Amoung Us” (não dá pra saber se foi cópia ou não, não sabemos desde quando esse jogo tava em desenvolvimento) é um gênero bem diferente, com personagens próprios com boa personalidade e desenvolvimento.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

16- Scott Pilgrim vs The World: The Game – Complete Edition

De volta após 10 anos, o sucesso TeenGeek que era HQ, virou filme e ganhou jogo, agora ganha uma edição completa (daí esse nome gigante). Trata-se de um Beat ‘n Up excelente, mais desafiador do que parece, e que pode ser jogado em 4 players com os personagens da história. Não é tão polido quanto um Streets of Rage 4, mas é bem divertido e está sim entre os melhores jogos do gênero no Switch.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

15- Ghost ‘n Goblins Resurrection

Um remake inesperado executado de forma inesperada, Ghost ‘n Goblins retorna aos games com um game quase novo, mas OK já é um progresso. O grande acerto desse jogo foi manter a experiência desafiadora da série enquanto criou ferramentas opcionais pra acessibilizar e fazer com que mais gente possa apreciá-lo. Seu visual pode ser meio estranho nos vídeos, mas ao vivo ele é bem bacana, fiquem tranquilos.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

14- Sea of Solitude – Director’s Cut

Como todo jogo que envolve a Quantic Dream, Sea of Solitude não fez bonito com as reviews (gente, os críticos sempre pegam no pé deles), mas também como sempre, trouxeram uma história com enredo caprichado, uma arte incrível e uma mensagem impactante. Não se deixem abalar pela falta de atenção que o jogo teve, ele só não é um game que agrada a todos, mas se você gosta dos quesitos que elogiamos anteriormente, vai apreciar bastante esse game.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

13- Littlewood

Maior surpresa do trimestre, o jogo que ninguém achava que geraria qualquer atenção, mas gerou, Littlewood é um simulador onde você reforma não só sua fazendinha como toda a cidade. É charmoso, cativante, bem feito, rende boas horas de jogo e acabou roubando a atenção mesmo com um gigante do mesmo gênero sendo lançado bem próximo, o Story of Seasons que incluímos na lista um pouco pra trás.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

11- Cyber Shadow

Já esse aqui, não foi nenhuma surpresa, o estúdio por trás de Shovel Knight lança sua próxima IP e é claro que eles acertam de novo. Com uma ótima e crescente curva de dificuldade, excelente level design e um polimento caprichado, a Yatch Club não entrega um jogo perfeito, mas entrega uma experiência super facilmente recomendada.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

11.6- Kingdoms of Amalur: Re-Reckoning

Uma pena o top 10 só caber 10 jogos, pois esse RPG ocidental veio pra se firmar no catálogo do seu gênero no Switch. Um Action RPG com um bom gameplay em cada classe que traz, uma boa história e um preço atrativo de 112 reais na eShop BR. Já no início do jogo, você experimenta uma diversidade de gameplay, experimentando como funciona ser um guerreiro, um mago ou um arqueiro, e já nas primeira hora vai ter boas batalhas e se contextualizar bem com a história, então essa dosagem de ação x enredo é muito bem feita e satisfatória, e é por isso que os fãs de RPGs devem colocar esse jogo no seu radar.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

11.5- Overcooked – All You Can Eat

Assim, só pra combinar, esse game tá em décimo primeiro porquê é nada mais nada menos do que um pacote que reune todo o conteúdo anterior do primeiro + segundo jogo e principalmente todas as DLCs envolvidas. E também dá ali uma polidinha em tudo. Mas se você nunca jogou Overcooked, cara, salta esse jogo lá para o top 5, tranquilamente, e pegue hoje mesmo, pois mesmo com diversos party games da Nintendo, é “Overcooked: All You Can Eat” o melhor jogo do gênero no console.

Antes do top 10, é hora de conferir os jogos que quase entraram na lista:

  • Battle Brothers
  • Genesis Noir
  • Undermine
  • Rogue Heroes
  • Cathedral
  • RE: Zero – The Profecy of the Throne
Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

10- Haven

A beleza dos indies é jogar coisas completamente fora da caixa, e Haven te dá uma experiência única. Você acompanha a rotina de um casal fugitivo que se abrigou em um planeta estranho e vai investigar os mistérios enquanto luta para manter o sigilo e poder somente aproveitar o amor entre eles. A exploração com esses “pés a jato” é muito boa, o sistema de combate não é inovador, mas sai do marasmo e o casal em si é muito cativante, o que faz desse jogo uma verdadeira pérola.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

9- Blue Fire

O grande injustiçado do trimestre, como é que “Blue Fire” não está sendo comentado por aí? Ele tem uma ambientação Cartoon Dark muito bem feita, suas shrines trazem desafios de plataforma árduos, suas dungeon tem bons puzzles, o combate tá sempre melhorando, o ritmo do jogo é acelerado e ao mesmo tempo ele precisa de uma análise mais fria do que se fazer, exploração, grind não excessivo, coletáveis, enfim… tá em nono pois ainda tiveram outros 8 ainda melhores, mas é um jogo incrível com absoluta certeza. E também tem review completa dele aqui, confira só.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

8- Atelier Ryza 2

A série Atelier chegou no Switch bem: “olá, alguém aqui me conhece?” e está crescendo cada vez mais, e parte da culpa desse crescimento foi a ótima recepção do primeiro Atelier Ryza. Agora, sua sequência já começa a ter uma boa estabilidade de lançamento e muitos ao menos já ouviram falar dele, mas se não ouviram: Trata-se de um JRPG com uma protagonista inteligente, amigável e que vai explorar e desvendar mistérios enquanto enfrenta criaturas poderosas e principalmente, vai usar seu conhecimento em alquimia para combinar itens criando novos itens cada vez mais fortes; isso fora seu lindo visual e sua ótima trilha. Manda mais Atelier que tá pouco o Koei Tecmo.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

7- Little Nightmares 2

As grandes produtoras estão com essa ótima mania de financiar também projetos de menor escala, o que dá para brincar de chamar de “AAA indie”. Little Nightmares é um desses experimentos de maior sucesso e consolidação. Não é á toa, o último puzzle plataforma sombrio da lista (terminamos!) é uma masterpiece no estilo, ele tem puzzles dinâmicos, chefes INCRÍVEIS, e principalmente uma ambientação fenomenal. A gente fez uma análise num formato de resposta às perguntas que vocês fizeram, então vocês podem ir lá conferir e tirar suas dúvidas, vale a pena, é um jogão.

E agora, o grande dilema desse top 31. Bom, considerem que 6 jogos estão no top 5!

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

6- Bravely Default 2

Talvez Bravely Default 2 até merecesse o top 5, mas ele chega ao Switch em um ponto onde existem MUITOS jogos excelentes do gênero, e a verdade é que tirando o seu combate, incluindo seu sistema de jobs, etc, nada nele é muito excepcional. A gente falando assim, até parece um desprezo, mas é o top 6! Não é pra qualquer um! E como falamos, o seu combate é excelente, e seu sistema de jobs permite inúmeras builds o que torna tudo mais dinâmico e pessoal. Mas sua história e trilha também não são sequer medianas, são muito boas. O que tira pontos dele é que no fim, ele mirou num RPG moderno com alma de old school, mas acabou se tornando um jogo que parece ainda feito inicialmente pro 3DS. De qualquer forma, novamente, top 6 pra ele. E tem review completa dele aqui também.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

5- Plants vs Zombies: Battle for Neighborville

Fizemos recentemente uma análise completa sobre o jogo e lá você vai saber com mais detalhes porque esse game surpreendeu e alcançou essa posição. É um marco no apoio da EA pro console, o jogo tá muito bem portado, e não só tecnicamente, mas fizeram adaptações pensadas pro console, como o fim das microtransações e a possibilidade de se jogar completamente offline sem perder nada (o que Mortal Kombat 11, por exemplo não fez), fora isso o que dá pra resumir é que é um Hero Team Battle que tem um singleplayer com bastante conteúdo e um multiplayer online absurdamente divertido que não te deixa parar de jogar o game.

Top 31 - Os Melhores Jogos do Nintendo Switch do 1º Trimestre

4- Persona 5 Strikers

Esse não é só um jogo excelente, ele é o filho de Persona com os action RPGs da Koei Tecmo (mas não é um musou) o que resultou num jogo único na biblioteca do Switch, com uma narrativa anime rica (como todo Persona), um combate viciante (como os jogos da Koei) e talvez quem mais represente esse cruzamento, que foi a trilha, que tá ANIMAL! A trilha de Persona é um pop fusion incrível, as composições estão entre as melhores da geração passada e aqui ainda ganharam aquele toque de rock irado.

Crash Bandicoot 4: It's About Time

3- Crash Bandicoot 4: It’s About Time!

Chegando ao pódium sem suar, Crash 4 vai TE FAZER SUAR! É um plataforma 3D absolutamente incrível, com um fator replay gigante, desafios de sobra que vão exigir dedicação ao longo do seu desenvolvimento como jogador, visuais incríveis (ao menos na TV, embora no portátil também esteja bom), enfim. Não se surpreenda se ver alguém dizendo que é o melhor jogo de plataforma do console, mesmo tendo Donkey Kong, Mario Odissey entre outros, pois dependendo do que você procura, pode ser bem aqui que você vai achar. Outro jogo que também tem review completa aqui no portal.

Mas mesmo sendo esse jogão, Crash 4 é o segundo melhor jogo de plataforma do trimestre, e o primeiro é:

2- Super Mario 3D World + Bowser’s Fury

Sim, é um jogo de WiiU, mas o jogo foi totalmente aprimorado, ajustaram a velociade dos personagens, deram mais movimentos para ampliar o gameplay, adicionaram modo online, enfim. Algumas fases podem ter sofrido com a falta do gamepad, mas o jogo como um todo ganhou. Plus, teve um super plus: o Bowser’s Fury que mostrou que a Nintendo tem uma máquina que fabrica novos conceitos de fase para o Super Mario 3D, pois não é possível que os caras fizeram um Mario tão diferente com Odissey, vindo do 3D World e agora já reiventaram de novo com Bowser’s Fury. Mario é Mario, enquanto ele tiver jogos, o pódium estará sempre com ele. Tem review completa também aqui para você conferir.

1- Monster Hunter Rise

Só pelo jogo ter desbancado o bigodudo numa lista do console que é praticamente dele já dá para sacar a qualidade! Alguns portais disseram que Monster Hunter Rise é nada mais nada menos que o melhor jogo do Switch desde Breath of the Wild ! Talvez seja cedo para bater esse martelo, mas não é cedo pra dizer que isso não foi nenhum exagero, até porque, Rise redefiniu o conceito de super produção para Switch! Ele foi mostrado e todo mundo disse “só acredito que é bonito assim vendo ao vivo” e quando viram ao vivo: não acredito nos meus olhos”!

Rise traz um gameplay que ao mesmo tempo que descomplica pra estreantes, tem tantas possibilidades e está frenético com tantas mecânicas envolvendo as armas, o novo WireBug, montarias e tudo mais. Fora que é o jogo pra se jogar online com seus amigos que também são veteranos, então sem dúvidas um jogo que chegou tranquilamente no primeiro lugar nessa acirrada lista, e estará bem posicionada quando fizermos uma nova lista da biblioteca completa. Com uma review completa para você ler também.

E é isso meus amigos, foi um trimestre recheado de jogos, o que é excelente pois é só o primeiro trimestre do ano, e certamente muita coisa ainda vai aparecer!

Sobre que tipo de produtora se destacou, indie, third ou da própria Nintendo, bom, certamente foram as thirds, afinal, Monster Hunter, Crash 4, Little Nightmares, até mesmo jogos menores como Scott Pilgrim, enfim, um bom número de thirds já deu sua contribuição esse ano e isso é muito bom.

E sobre o gênero que mais se destacou, em números, os RPGs, Monster Hunter, Bravely 2, Atelier 2, Persona Strikers e até Kingdoms of Amalur, mas sempre sai muito RPG para o Switch então fica empatado com os puzzle plataformas, afinal, foram 3 ótimos jogos com Little Nightmares 2, Iris.Fall e DARQ.