Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
Instant Farmer - Inventivo até dizer chega!

Instant Farmer – Inventivo até dizer chega!

Um jogo criativo, bem feito e divertido!

Criar um jogo não é uma tarefa simples, nem fácil. Muito menos ainda rápida. No Brasil, esses três fatores são exponenciados a outro nível. É inacreditável como se é turbulento para um Brasileiro médio conseguir desenvolver jogos num geral, quem dirá num ritmo comparado a essas grandes empresas no exterior. Porém, muitos ainda assim lutam e correm atrás de terem sua contribuição à essa indústria maravilhosa, muitas vezes ingrata, mundo à fora.

Instante Farmer é mais um jogo desse tipo. Você nunca iria ouvir falar dele em grandes veículos muito provavelmente, mas de bom grado, a empresa Silesia Games, nos cedeu o jogo para que pudéssemos jogar e tirar nossa conclusões. Devo dizer que, é um jogo extremamente criativo.

JOGANDO…

Você tem de cara a dinâmica de todo o gameplay. Sua missão é arrumar peças no formato de blocos de terra ou pedra em um simples e curto puzzle para que blocos de água toquem a todos, fazendo assim com que todos fiquem irrigados e consiga cultivar e plantar. Isso é tudo? Bom, em suma, sim. O jogo cria situações mais diferentes ao longo dele para poder inovar e variar, como canais de irrigação e, principalmente, canos que funcionam como Sprinklers. A sua cabeça vai ter que funcionar a toda, porque não se trata apenas de um simples puzzle game que você joga tudo numa sentada. Não! Ele realmente exige que você se concentre e enxergue as possibilidades.

Enquanto avança aos níveis posteriores, um render de uma singela fazenda no background começa a ser aprimorado. Ou seja, todos os quebra-cabeças que você conseguiu terminar, criam uma situação de melhoria para um avatar, que nesse caso é a sua fazendia que cresce, e cresce, até que ela fica bem decorada e muito bonita, diga-se de passagem.

Instant Farmer - Inventivo até dizer chega!

O jogo funciona com essa premissa e se reinventa sobre ela mesma várias vezes para te surpreender. Não há história, e tem uma trilha que é bem simples. Dada a condição estática do jogo, onde o cenário não muda em si, só é, com o tempo, modificado em determinadas áreas, talvez uma trilha criativa também fosse interessante. A música tenta emular um sentimento bom e tranquilo de jogos de fazenda, mas com o tempo pode chegar a enjoar e você colocar um podcast para tocar.

No menu você pode decidir qual o nível que você jogar de novo para, quem sabe, voltar em um puzzle que você acabou se apegando. A ambientação é um destaque, pois a adição de sons de pássaros, às vezes eles até cruzando a tela voando, tanto no menu, quanto in gaming, cria uma forma bem natural e orgânica de sentir que você realmente está vendo um lugar do campo.

E ENTÃO

Não há muito mais o que dizer sobre Instant Farmer. É um jogo muito bom e criativo, que pode te fazer passar um bom tempo na frente do seu Switch. Inclusive, sua data de lançamento está marcada para o dia 26 desse mês de agosto, então, eu acredito ser uma ótima forma de ajudar a indústria nacional se tratando de um jogo tão simples e bom, com um preço bem discreto! Sem mais, que essa empresa possa crescer e refletir em si o seu trabalho com Instant Farmer, sendo criativa e se renovar a cada passo.

Instant Farmer
7.1 / 10 Nota Final
Prós
- Ótima mecânica
- Puzzles Criativos
- Ambientação gostosa
Contras
- Faria bem uma trilha mais variada e melhor composta
Resumo
Nada a declarar sobre esse jogo que não seja criativo, bem feito e divertido!
Design
Trilha Sonora
Diversão
Gameplay
Custo x Benefício

[Nota do Editor: Instant Farmer foi analisado a partir da sua versão para Nintendo Switch. A cópia do jogo foi gentilmente cedida pela Mens Sana Interactive.]


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]

Matheus Furtado
Um fã de Da Vinci e Miyamoto. Não me pergunte quem é quem.