Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
Link e Zelda

Link e Zelda

E quem um dia irá dizer que existe razão pra esses dois terem a Triforce na mão, e quem irá dizer que não existe razão.
E quem um dia irá dizer que existe razão pra esses dois terem a Triforce na mão, e quem irá dizer que não existe razão.

E quem um dia irá dizer que existe razão pra esses dois terem a Triforce na mão, e quem irá dizer que não existe razão.

Link abriu os olhos, mas não quis se levantar, tentou ignorar a fada sobre sua cabeça, enquanto Zelda tomava aulas de etiqueta, e outras coisas da realeza.

Link e Zelda um dia se encontraram por querer, e conversaram brevemente pra tentar se entender, uma Coruja na floresta que disse, ela é uma princesa legal e vocês vão o mal destruir.

Cidade estranha, com gente esquisita. É normal, tanta galinha homicida? E a Zelda riu e quis saber um pouco mais sobre o menino que não podia falar. E o Link só pensava em ir pra casa e que horas ele ia pescar.

Link e Zelda trocaram informações e decidiram se ajudar. O Link queria um cavalo, mas a Zelda disse: Uma Ocarina eu vou te dar.

Ele foi até o centro da cidade, ajudar as pessoas e juntar dinheiro. Ela achou estranho, mas melhor não perguntar, onde ele guardava o arsenal inteiro?

Link e Zelda era nada parecido. Ele era caladão e ela filha de Reis. Ela tocava Ocarina e dançava no salão e ele ainda dormia até as três. Ela gostava da Impa, da Ruto e do Darunia e cuidava de todo Reino. Enquanto ele procurava um escudo e apanhava dos bonecos de treino.

Ela fala coisas sobre as Forças do Mal, Sábios e Reencarnação. Enquanto Link ainda tava no esquema pescar, soneca, quebrar vasos e solidão.

E mesmo com tudo diferente, veio mesmo de repente a força pra vencer. E ele se aprimorava todo dia e a força crescia como tinha de ser.

Link e Zelda acharam Templos, energia, a Espada, magia e como no tempo viajar. E ela explicava pro Link como cada Sábio representava a Terra, a Água e o Ar.

Ele aprendeu a crescer e no tempo se mover e decidiu batalhar. E ela se tornou a Deusa que estava destinada a se tornar.

E os dois lutaram juntos e derrotaram juntos o mal que sempre se impôs. E todo mundo viu como ele completa ela, e vice versa, em várias batalhas depois.

Construíram uma Lenda linda demais, e muitos reencontros vieram. Velejaram nos mares e dominaram os céus, aprisionaram o mal e foram vencidos, a barra mais pesada que tiveram.

Link e Zelda voltaram pra Hyrule e curtiram a amizade como crianças no verão. Só que a Master Sword ainda está lá, aguardando pela próxima reencarnação.

E quem um dia irá dizer que existe razão pra esses dois terem a Triforce na mão, e quem irá dizer que não existe razão.

(texto baseado no música Eduardo e Mônica de Legião Urbana)

Bom final de semana, fiquem bem.


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]

@Nersito
Nerd, nostálgico, pai e professor. Reclamador profissional com PHD em Harvard. Conheço o Mario, e daí? Assopra a fita e bora jogar! Canal Juninhos Fun Club no Youtube!!!