Nintendo está investigando vazamento do artbook de The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom

"Não importa aonde você está, eu vou achá-lo e vou caçá-lo!"

Nintendo caça responsável pelo vazamento no Discord - banner

Há alguns meses atrás um grande vazamento ganhou visibilidade por ser justamente algo relacionado ao já consagrado jogo mais aguardado do ano The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom. Esse vazamento foi sobre o artbook oficial que é parte da versão de colecionador do jogo. Certamente muitas informações ainda não divulgadas sobre o jogo constam no artbook e o vazamento foi a meses antes do lançamento oficial do jogo.

A Nintendo não ficou nada feliz com isso e está solicitando ao Discord que auxilie na busca pelo vazador original. A resposta oficial da Nintendo veio em fevereiro, apenas alguns dias após o vazamento e apoiada na Lei de Direito Autoral (DMCA) notificaram a empresa Discord, e especificamente o canal “Tears of the Kingdom Official Discord Server”.

Seis endereços de sites foram mencionados contendo imagens do não publicado, e protegido por leis de copyright, artbook em edição especial para o jogo The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom. Todos em violação aos diretos da Nintendo. A Discord respondeu a notificação prontamente informando e indicando que o conteúdo seria removido o quanto antes.

Porém o problema continuou e cerca de dez horas após a primeira notificação a Nintendo solicitou uma revisão e intimação imediata para o canal da Discord uma vez que seus membros ainda estavam distribuindo o produto usando mensagens diretas e links. A Nintendo complementou dizendo:

Além do mais, alguns membros ganharam o perfil de ‘Pirata de PDFs’ que os identifica como origem dos arquivos de PDF contendo as imagens do artbook. Para a revisão nós também providenciamos imagens de tela do servidor mostrando quatro membros e uma breve descrição abaixo enfatizando as atividades deles no servidor.

Após outras dezoito horas, a Discord aplicou um alerta ao servidor pelas atividades reportadas. Além disso, a Nintendo não gostou de terem usado a palavra “official” no nome do servidor no Discord uma vez que “o servidor não é operado ou foi autorizado pela Nintendo“. Entretanto, a Discord aconselhou a empresa à utilizar um contrato de uso de marca alegando estar “preocupada com potenciais confusões com seus consumidores”.

Sem nenhuma surpresa, a Nintendo of America preencheu e formalizou uma intimação de Lei de Direito Autoral (DMCA) no tribunal distrital da Califórnia. A empresa segue em frente para trazer para justiça um canal e um usuário específico:

A [Nintendo of America] está solicitando via intimação proposta em anexo que obrigue a Discord Inc. … a entregar a identidade, incluindo nomes, endereços, telefones e e-mails do usuário Julien#2743, que é responsável por publicar conteúdo, infringindo as leis de copyright, no seguinte canal de Zelda: Tears of the Kingdom no Discord..[…].

Até o momento não está claro como o vazamento aconteceu ou quem realmente começou a subir as imagens para a internet.

Desenvolvedor, gamer, marido e pai de pet. Um fã de Zelda, Monster Hunter, RPGs e Metroidvanias, que ama dar risadas, desenhar, jogar e reclamar que não tem tempo para fazer isso mais vezes.
Coroa Coroa