Sword of The Vagrant - Um RPG de história envolvente e desenrolar intrigante

Sword of The Vagrant – Um RPG de história envolvente e desenrolar intrigante

Vocês bem sabem que gosto de joguinhos de RPG, não é? Bem, passei os últimos dias jogando um, que apesar de não ser um RPG raiz, trazia muitos dos elementos desse gênero impregnados em si e agora, cá estou para compartilhar um pouco sobre o jogo e a experiência que tive com ele recentemente.

Sobre o Jogo

Sword of The Vagrant é um metroidvania de ação e aventura com elementos de RPG, desenvolvido pelo O.T.K Games e publicado pela SakuraGame em 13 de julho de 2018 para PC (Steam) e 30 de novembro de 2022 pela Rainy Frog para as plataformas Nintendo SwitchPlayStation 4 e Xbox One. A título de curiosidade, a versão PC (Steam) deste jogo se chama apenas The Vagrant.

Começando, claro, por seu visual, o game possui uma arte 2D muito bem trabalhada e pintada a mão, no entanto, se você é do tipo de pessoa que não gosta personagens muito sexualizadas, já digo que este jogo não é para você, pois contem certa quantidade de fan service.

Sword of The Vagrant - Um RPG de história envolvente e desenrolar intrigante

Já com relação a sua trilha sonora, posso dizer que é satisfatória e bem envolvente, pois possui um repertorio legal e muitas delas te deixam empolgado ao longo da jogatina, amenizando bastante o cansaço de ter que passar repetidas vezes pelas vária áreas do mapa enquanto procura por objetos, passagens escondidas e claro, o caminho correto até o objetivo principal.

Como já citado anteriormente, o jogo possui muitos elementos do gênero RPG, inclusive no que se diz respeito a diálogos, e isso não seria um problema se o game contasse com uma localização em português brasileiro. Tenho que admitir que fiquei surpreso com a falta de localização deste título, pois sua versão para PC (Steam) possui suporte ao nosso idioma, enquanto a versão Switch, não. Espero sinceramente que ouçam meu apelo e providenciem o quanto antes as legendas em português!

E já que estamos falando de diálogos, aproveitemos o gancho para falar sobre a história do jogo, que é bem mais elaborada do que parece. No game, você joga como Vivian, a vagante, uma viajante mercenária que viaja pelo mundo conhecido como Mythrilia para descobrir a verdade sobre sua linhagem sanguínea e seus mais obscuros segredos, além de seguir as pesquisas de seu pai perdido para no fim, reunir-se com sua família. Então, resumidamente falando, é uma história rica em detalhes e com um desenrolar um tanto quanto intrigante.

Gameplay

O jogo não possui um sistema de nível para a personagem e você não consegue alterar sua aparência (cor de pele, olhos ou cabelo, bem como expressões faciais, corte de cabelo, etc.), embora os equipamentos adquiridos por você tenham níveis de aprimoramento e quando equipados alteram um pouco a estética da Vivian. Com relação a armas e equipamentos, eles são bem variados e podem ser comprados (Com moedas do jogo) ou simplesmente encontrados pelo mapa em baús geralmente escondido em algum canto dele, além de ter uma quantidade razoável de skills e existirem poções e outros tipos de consumíveis que também podem ser compradas ou encontradas pelo mapa.

Também é importante dizer que temos uma árvore de talentos enorme para completar (gastando mana) e uma variedade muito boa de inimigos pelo caminho, alguns inclusive, bem chatinhos para enfrentar. Os chefes também são muito criativos e alguns bem desafiadores, principalmente se você estiver experimentando uma dificuldade mais elevada dentre as disponíveis no jogo. Ele também possui um New Game Plus liberado ao conclui-lo em quaisquer uma das dificuldades disponíveis.

Sword of The Vagrant - Um RPG de história envolvente e desenrolar intrigante

A dificuldade do jogo, como já mencionado, não é das mais fáceis e se você quiser fazer os 100%, com certeza vai passar um pouco ou muita raiva tentando encontrar todos os locais secretos espalhados por cada um dos vários mapas do jogo, então prepare-se, equipe-se bem para enfrentar certos desafios.

Por fim, mas não menos importante, é chegada a hora de falar sobre os defeitos do jogo. Recebemos a chave de acesso para avaliar o jogo (inclusive, obrigado aos desenvolvedores por isso) e reconheço que não tive muitos problemas com o jogo, onde o que mais pegou foi de fato a falta de localização em português do Brasil, no mais, encontrei apenas um inimigo bugado numa parte específica do mapa. Também achei os movimentos da personagem meio travados, mas depois que me acostumei, nem liguei.

O trailer do jogo você pode conferir a seguir:

Trailer de anúncio.

Ah, e antes que eu me esqueça, o jogo possui um ótimo custo benefício: $ 10 / € 10 / 1.000 ienes / R$49,99, além de ocupar pouco espaço no seu cartão Micro SDXC, cerca de 1,4GB.

Sword of The Vagrant - Um RPG de história envolvente e desenrolar intrigante
Sword of The Vagrant
Veredito
Design
90
Trilha Sonora
80
Diversão
75
Gameplay
75
Custo x Benefício
80
Prós
Fator Replay;
Trilha sonora muito boa;
Bom custo benefício.
Contras
Não é localizado em português.
80
Nota Final

[Nota do Editor: Sword of the Vagrant foi analisado a partir da sua versão para Nintendo Switch. A cópia do jogo foi gentilmente cedida pela Rainy Frog para avaliação.]


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]

- Um otaku sem futuro que passa seu tempo na internet falando sobre mangás, animes, e claro, sobre a Nintendo.