fbpx
Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
Kingdom Hearts : Melody of Memory - A série que ousou em misturar o universo Disney com o de Final Fantasy volta em ritmo musical

Kingdom Hearts : Melody of Memory – A série que ousou em misturar o universo Disney com o de Final Fantasy volta em ritmo musical

Kingdom Hearts : Melody of Memory levará o jogador a uma viagem de lembranças contada por Kairi.

Nascido no Playstation em 16/09/2002 (lançamento Americano), Kingdom Hearts é fruto da união de duas grandes gigantes: A Disney, responsável por alguns dos mais famosos e amados desenhos da história e Square Soft (hoje Square Enix), que é famosa por criar franquias de jogos de RPG impecáveis. O resultado não poderia ser outro, Kingdom Hearts foi um sucesso na época e de cara ganhou uma legião de seguidores.

Sobre o Enredo..

Kingdom Hearts : Melody of Memory - A série que ousou em misturar o universo Disney com o de Final Fantasy volta em ritmo musical

Dirigido por Tetsuya Nomura e Masanobu Suzui, lançado em 13 de Novembro de 2020 Melody of Memory é sequencia direta de Kingdom Hearts 3 (lançado para PS4/Xbox) e tem como função explicar o paradeiro de Sora após os eventos de KH3 e tem Kairi (Hikari) como personagem narradora do jogo. Somos guiados pelas lembranças dela e com isso nos é apresentado todos os eventos do complexo enredo do game. Para os veteranos será a oportunidade de reviver todas as cenas dos jogos anteriores, e para os novatos a oportunidade de entender (ou pelo menos tentar) a complexa trama do jogo. Só que a forma como ela é contada é também de certo modo confuso, veremos isso no próximo tópico, quando falarei da gameplay.

Entre no Ritmo

Kingdom Hearts : Melody of Memory - A série que ousou em misturar o universo Disney com o de Final Fantasy volta em ritmo musical

Como já foi dito aqui nessa análise, Melody é um jogo musical (cerca de 140 faixas). Então se prepare para um apertar de botões de forma ritmada e sincronizada. Fazendo dessa forma seu personagem não sofre dano e consequentemente causa dano ao oponente. Caso aperte antes ou depois demais o personagem em questão sofrerá dano (podendo morrer e ter que reiniciar a fase), todo o acervo de inimigos está presente no jogo, desde os voadores aos que só podem ser atingidos por ataques especiais. Dependendo da quantidade de acertos você receberá um Ranking no final de cada canção gerando um item no final. Há também a possibilidade de fazer CHAINS que melhora sua pontuação, já que cada canção tem desafios para serem cumpridos. O game traz também um modo online e multiplayer local com modo cooperativo e competitivo.
É uma mecânica fácil de aprender e logo pegamos o jeito (joguei no modo intermediário), passando pelas canções você notará que em algumas delas existe um ícone de filme. Isso quer dizer que logo após passar por ela será liberada uma cena da história do jogo. E é aí que mora o problema, a própria sequência colocada no jogo não ajuda na compreensão da narrativa do jogo, tive essa percepção quando o Birth By Sleep apareceu (bem depois do normal) e a história está sendo contada de forma bastante resumida, caso esse seja seu primeiro jogo na série, passará batido em vários eventos que não são contados nesse game. Os veteranos que aguardam por cenas novas, terão que jogar o game por inteiro para poder assistir.

Gráficos de Playstation 2? Oopss estou no Switch!

Kingdom Hearts : Melody of Memory - A série que ousou em misturar o universo Disney com o de Final Fantasy volta em ritmo musical

Mesmo sendo lançado para a geração passada de consoles (PS4/Xbox/Switch), os gráficos deixam bastante a desejar, rodando a 30fps e com coisas reaproveitadas da era Playstation 2. Lembrando que a coletânea lançada roda a 4k 60fps nos consoles atuais (não tem no switch), a SE poderia sim ter melhorado os gráficos e ter colocado os mesmos em 1080p, ela foi preguiçosa nesse aspecto, foi um típico “copia e cola”. Tenho pouco a comentar sobre os gráficos, mas achei abaixo do esperado por esses aspectos.

Let it Go…. Let it Go , aumentem o som

Kingdom Hearts : Melody of Memory - A série que ousou em misturar o universo Disney com o de Final Fantasy volta em ritmo musical

Nesse aspecto o jogo brilha, com mais de 140 canções, Melody é um verdadeiro deleite musical. Trazendo canções famosas da Disney como Let it Go e One Winged Angel de Final Fantasy 7.
É um presente para os amantes das duas franquias poder ouvir a qualquer momento essas músicas, para mim em especial a canção Simple and Clean tem seu lugar especial. Vou utilizar esse espaço para mencionar algo que quase passava batido, o jogador também pode colecionar cartas dentro do jogo.

8 / 10 Nota Final
Prós
- Poder reviver à série
- Muitas canções
- Deixou gancho para sequencia
- Fácil aprendizagem
Contras
- Gráficos ultrapassados
- As vezes a tela fica cheia de informações
- Narrativa confusa
- Preço cheio
Resumo
Kingdom Hertas: Melody of Memory é um jogo feito para amantes da franquia que querem ver a sequencia e ter uma ideia de como será a próxima parte dessa complexa história. Para os novatos, uma oportunidade de ter uma noção do enredo, já que ele foi contado de forma bastante resumida nesse game. Além disso, o jogo foi lançado com preço cheio de US 59.99 (eshop americana), um tanto quanto salgado nos dias de hoje.
Design
Trilha Sonora
Diversão
Gameplay
Custo x Benefício

[Nota do Editor: A análise de Kingdom Hearts Melody of Memory, teve a colaboração do leitor do portal Project N, Mário Braga.]


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]

Escobar
Além de amar cafés, sou apaixonado por games desde 1980, época de ouro! Amor incondicional por Pixel Arts, Índies e Games Excêntricos!!!! F.C : SW-3494-9190-7812