Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
Blossom Tales: The Sleeping King - Uma obra-prima para fãs de Zelda

Blossom Tales: The Sleeping King – Uma obra-prima para fãs de Zelda

Inspirado na franquia Zelda, é uma produção de alta qualidade, que inova a sua própria forma e cria uma das aventuras indies mais divertidas dos últimos anos. Encantador, criativo e divertido!

Lançado em 2018, Blossom Tales: The Sleeping King passou direto pelo radar da maioria dos jogadores, mas esta é uma aventura que não deve ser perdida.

Blossom Tales: The Sleeping King - Uma obra-prima para fãs de Zelda

O jogo é totalmente inspirado numa das maiores franquias da Nintendo: The Legend of Zelda. E apesar de quase tudo ser bem similar as aventuras de Link, Blossom consegue adicionar suas particularidades ao gênero e tem bastante ar de novidade.

ENREDO SIMPLES, MAS MUITO BEM CONTADO

O enredo tem uma premissa bem simples: A guerreira Lily deve salvar o reino de um maléfico feiticeiro que colocou o rei, seu próprio irmão, num sono profundo. Para isso, a nobre guerreira deve coletar itens que permitirão acordar a majestade.

Blossom Tales: The Sleeping King - Uma obra-prima para fãs de Zelda

O ponto alto da narrativa é justamente sua narração, feita em forma de conto de fadas. O jogo inicia com um avô contando aos seus netos a história de Lily. Isso é muito interessante, pois abre brechas para inserções no enredo. Em alguns momentos, o velho avô fica indeciso sobre alguns aspectos do conto e cabe ao jogador escolher o que exatamente ocorrerá naquela situação. Além disso, a abordagem permite inúmeras piadas com o gênero e até referências à Zelda. O jogo é cheio de ótimos diálogos nesse momentos, mas infelizmente, o jogo não está disponível em Português do Brasil.

Blossom Tales: The Sleeping King - Uma obra-prima para fãs de Zelda

DESIGN IMPECÁVEL EM TODOS OS ASPECTOS TÉCNICOS

A trilha sonora é fenomenal, é bastante diversificada e divertida. Por vezes imaginei que ela fosse se tornar repetitiva, mas o jogo consegue alternar muito bem as várias melodias ao longo das dungeons e do cenário aberto. Os efeitos sonoros são de um primor técnico inigualável para um jogo indie, até o pisar de Lily na neve possui um som diferente.

Blossom Tales: The Sleeping King - Uma obra-prima para fãs de Zelda

Os cenários são belíssimos, a iluminação é um deleite, mesmo nos gráficos retrôs, é difícil não ver beleza aqui. Todos os ambientes são bem desenhados, coloridos e vívidos com os mais variados elementos. As cidades são cheias de NPCs, que vão desde vendedores a bardos.

JOGATINA INTUITIVA E RECOMPENSADORA

A jogabilidade é incrível, segue por padrão o estilo da franquia Zelda, com algumas particularidades. Por exemplo, os itens como bombas e flechas são infinitos, somente limitados pelo nível de energia da protagonista, que recupera em alguns segundos ao serem usados. 

Blossom Tales: The Sleeping King - Uma obra-prima para fãs de Zelda

A aventura possui 4 dungeons no total, todas bem criativas e com ótima duração. As batalhas contra bosses são boas, mas não muito inovadoras e inteligentes. As dungeons são recheadas de inimigos e puzzles. Os puzzles em si conseguem ser bastante engenhosos, mas o padrão se repete bastante, mudando apenas o grau de dificuldade. Já os inimigos são bem variados, orcs, cogumelos, abelhas, feiticeiros, zumbis e etc, mas a grande maioria deles pode ser derrotada usando as mesmas técnicas, o que incomoda um pouco.

Blossom Tales: The Sleeping King - Uma obra-prima para fãs de Zelda

O jogo se estende por mais de 12 horas de gameplay para quem busca explorar cada pedacinho. Existem itens secretos que são bastante poderosos e divertidos de usar, o jogo trabalha bem a relação de exploração – recompensa.  Ainda conta com um bom número de missões secundárias que prolongam seu tempo na aventura.

CUSTO-BENEFÍCIO

O jogo tem como preço padrão na Eshop Brasil o valor de 74,99 R$ e pode ser um pouco caro, mas no momento da postagem dessa análise, o jogo está sendo vendido por 19 R$(aprox.), um excelente custo-benefício, pois o jogo vale a pena!

Blossom Tales: The Sleeping King - Uma obra-prima para fãs de Zelda

CONCLUSÃO 

Blossom Tales: The sleeping King é uma excelente aventura, com ótima gameplay, uma bela história, um design artístico belíssimo e uma trilha sonora magnífica. Ele deve agradar qualquer fã da franquia Zelda com toda certeza!

Blossom Tales
9.2 / 10 Nota Final
Prós
- Direção de arte belíssima
- Exploração recompensadora
- Narrativa engraçada e criativa
- Ótima jogabilidade
Contras
- Sem tradução para o Português Brasil
- Inimigos simples de derrotar
Resumo
Inspirado na franquia Zelda, é uma produção de alta qualidade, que inova a sua própria forma e cria uma das aventuras indies mais divertidas dos últimos anos. Encantador, criativo e divertido!
Design
Trilha Sonora
Diversão
Gameplay
Custo x Benefício

[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]

Júlio Santos
Apaixonado por obras audiovisuais, mas com um espaço especial no coração para videogames. Aficionado por boas narrativas, gosta de estudar e escrever roteiros, além de análises diversas. Twitter: @JlioHeitorSant1