Gary Bowser, hacker da Team Xecutor, é solto da prisão

Mas ainda terá de pagar 10 milhões de dólares em prejuízo

Gary Bowser - livre da cadeia

Vocês se lembram de Gary Bowser, o hacker da Team Xecutor condenado por pirataria? Bom, em Fevereiro foi revelado que ele havia sido condenado a pelo menos três anos de prisão e multa de 15 milhões de dólares por seu envolvimento com a Team Xecutor por permitir que usuários de Nintendo Switch pudessem hackear o sistema e jogar jogos piratas.

Em atualização sobre o caso, o cidadão Canadense – que tinha 51 anos de idade quando foi sentenciado – está agora livre da prisão federal Americana, parte por bom comportamento, e vai retornar ao seu país.

Ainda assim, Bowser ainda deverá pagar a Nintendo dez milhões de dólares (equivalente a cerca de 49 milhões de reais) pelo prejuízo causado com suas ações. Caso ele encontre um emprego estável, a Nintendo receberá automaticamente de 25 a 30% do seu salário bruto para pagar essa dívida. Até o momento foi pago U$ 175,00 dólares.

Ainda que essa quantia toda seja improvável de ser paga em sua totalidade, os advogados da Nintendo explicaram como essa situação toda serve como mensagem para os outros hackers de Switch:

Este é um momento muito importante para nós. É a dinâmica de compra de video games que mantém a Nintendo e seu ecossistema, e é a venda de jogos que trazem alegria às pessoas. É por essa razão que fazemos tudo ao nosso alcance para evitar que os jogos dos sistemas da Nintendo sejam roubados.

Bowser era supostamente um vendedor para o grupo de hackers Team Xecuter e também mantinha um website que frequentemente revisava seus produtos, rendendo cerca de U$ 500,00 a U$ 1000,00 dólares por mês com essas operações. O grupo Team Xecuter alegou conseguir milhares de dólares dessa forma e é acreditado que Bowser ter acumulado mais de U$ 320.000,00 dólares ao decorrer dos sete anos em que esteve com o grupo.

O que você pensa sobre isso, acha que a Nintendo foi correta em suas ações? Nos diga o que pensa abaixo nos comentários!

Desenvolvedor, gamer, marido e pai de pet. Um fã de Zelda, Monster Hunter, RPGs e Metroidvanias, que ama dar risadas, desenhar, jogar e reclamar que não tem tempo para fazer isso mais vezes.
Coroa Coroa