Segunda edição da Pesquisa Nacional da Indústria de Games revela crescimento no número de estúdios brasileiros

Segunda edição da Pesquisa Nacional da Indústria de Games revela crescimento no número de estúdios brasileiros

Se você tem interesse no mercado nacional de games, com certeza ficará feliz em saber dos detalhes dessa novidade, então, se achegue mais para não perder nada.

Abragames (Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Digitais) compartilhou recentemente a 2ª Pesquisa Nacional da Indústria de Games, um estudo desenvolvido em parceria com a ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos), e realizado por meio do projeto setorial de exportação Brazil Games. Entre outros pontos, o material relativo aos anos de 2022 e 2023 revela um crescimento de 3,2% do total de estúdios nacionais, que passou de 1.009, em 2021, para 1.042.

Segunda edição da Pesquisa Nacional da Indústria de Games revela crescimento no número de estúdios brasileiros

É importante mencionar que o bom resultado é corroborado pela quantidade de jogos próprios desenvolvidos entre os anos de 2020 e 2022, que chegou a 2.600. Desses, 1.009 foram lançados apenas em 2022, 12% a mais do que em 2021, período contemplado na primeira edição da pesquisa. Em relação aos profissionais do segmento, também houve um aumento, dessa vez de 6,3%, passando de 12.441 para 13.225.

“Os dados presentes na segunda edição da pesquisa também reforçam a posição do Brasil como uma das mais promissoras regiões para a prestação de serviços de External Development, como já vinha sendo apontado nos relatórios da XDS Summit, referência global no assunto”, destaca Rodrigo Terra, presidente da Abragames.

A 2ª Pesquisa Nacional da Indústria de Games revela que os estúdios nacionais de desenvolvimento de games estão distribuídos por praticamente todos os estados da federação, mas que a maior concentração continua nos estados do Sul e Sudeste.

Segunda edição da Pesquisa Nacional da Indústria de Games revela crescimento no número de estúdios brasileiros

Com base nas premissas utilizadas no mapeamento das empresas e, principalmente, na possibilidade de comparação com os anos de 2015 e 2018, a segunda edição da pesquisa apresenta um novo método de cálculo do faturamento da indústria nacional de games. Enquanto o modelo anterior considerava apenas o faturamento das desenvolvedoras que atendem ao mercado consumidor e de entretenimento, o atual leva em consideração os jogos e serviços desenvolvidos para terceiros, jogos educacionais, advergames etc. Dessa forma, estima-se que, em 2022, o faturamento da indústria de desenvolvimento de games do Brasil foi de US$ 251,6 milhões.

Segunda edição da Pesquisa Nacional da Indústria de Games revela crescimento no número de estúdios brasileiros

A distribuição de jogos desenvolvidos por plataforma apresentou uma das principais mudanças em relação à pesquisa anterior. No estudo publicado em 2022, os jogos para dispositivos móveis lideravam com folga (39%), seguidos dos games para PC (21%). No estudo novo, os jogos para computador assumiram a frente com 24,9% da preferência, pouco à frente dos mobile, que figuram com 24%.

Outro fator relevante é o contínuo crescimento da produção de jogos para consoles, já apontado na pesquisa de 2022. A produção, que atingiu 5% em 2018, chegou a 17% em 2021 e a 19% em 2022. Houve um destaque ainda maior para os consoles portáteis, que dobraram em relação ao ano anterior, alcançando 4%.

Agora, quero saber o que você achou desta notícia, surpreso com a indústria nacional? Me diga nos comentários, pois sua opinião é extremamente importante para nós!

- Um otaku sem futuro que passa seu tempo na internet falando sobre mangás, animes, e claro, sobre a Nintendo.
Triforce Triforce, Flor Flor, Estrela Estrela, Folha Folha, Raio Raio, Cogumelo Cogumelo, Coroa Coroa