fbpx

Glitches e erros de Pokémon Ruby & Sapphire

O ano é 2001 e, com o sucesso dos portáteis Game Boy e Game Boy Color, a Nintendo lança seu sucessor, mais potente, com mais cores e mais “avancado”: Game Boy Advance. E logo os fãs da franquia Pokémon já estão no aguardo de um título para o novo console.

Não demorou um ano e em 2002 é lançado no Japão Pokémon Ruby e Sapphire, e logo torna-se um sucesso de vendas como seus antecessores. Novas funções, novos Pokémon, nova história, personagens e também novos erros e glitches.

Glitches e erros de Pokémon Ruby & Sapphire

Se você vem seguindo a nossa série (veja aqui Glitches e erros de Pokémon Red & Blue e Pokémon Gold & Silver) você sabe que não falamos apenas dos principais glitches que podem quebrar o jogo, acionar itens e funções para vencer o jogo rapidamente e exploits de programação, mas também falamos que itens, ataques, pokébolas e muito mais que foram erroneamente programados e podem afetar a jogabilidade de qualquer jogador, mesmo os que não buscam os erros.

Poison Bonus

Em Gold & Silver, por um erro de programação, os bônus e catch rate para Pokémon envenenados, paralisados ou dormindo foram retirados. Em Ruby & Sapphire eles voltam, mas não completamente.

Se um Pokémon está com a condição de badly poisoned, não há bônus para a captura.

No Money, No Problems

Se você pretendia juntar muitos itens para vender no PokéMart em Ruby & Sapphire, poderia se deparar com um limite de pagamento. Por conta de um erro na programação, acima de uma certa quantidade de itens você perdia dinheiro por eles.

Isso ocorria apenas com berries, já que eram os únicos itens que você poderia segurar mais de 99 na mochila. Por exemplo, ao vender pelo menos 256, mesmo com o Poké Mart indicando o preço correto, o preço total é contado como $0 e o jogador perde $2560 para cada múltiplo de 256. Por exemplo, a venda de 999 berries fornece $2310 (0 para 768 berries, +2310 para 231 berries).

Berry Glitch (ou como sua vida pode ficar parada após um ano)

Berry Glitch é basicamente o maior dos glitches já encontrados nas primeiras versões de Pokémon Ruby & Sapphire, e tem relação com o relógio interno do jogo. Em aproximadamente um ano em tempo real após o início de um novo save do jogo, o contador de dias para de funcionar. Isso interrompe todos os eventos com base no tempo: berries não crescem mais, não há mais como batalhar novamente com NPCs, o relógio do seu quarto não funciona mais, o lançamento do foguete de Mossdeep City para de ocorrer, não há mais ofertas em Lilycove Dept Store, sem dias de serviço no Game Corner, sem vitaminas baratas com o Energy Guru, entre outros.

O erro foi tão grave que versões novas do jogo receberam patchs de correção e outros jogos da franquia incluíam esses patchs para que, quando usados em Game Boy Advance, usassem o patch para corrigir também os jogos antigos.

Lendários nem tão poderosos

Glitches e erros de Pokémon Ruby & Sapphire

Latios e Latias são os lendários “itinerantes” da geração, ou roaming Pokémon, que são aqueles seres que não são encontrados em locais fixos do mapa, mas vagueam por toda a região e podem ser encontrados aleatóriamente em diversas regiões. Como eram os cães lendários em Gold & Silver.

Os dados para os IVs dos Pokémon eram guardados em um 32-bit interger, enquanto que para os Pokémon itinerantes esses dados eram guardados em outro local, fazendo assim com que mesmo que o encontro seja aleatório, os IVs permaneceriam iguais. Mas devido a um erro o jogo só conseguia transferir os últimos 8 bits desses 32 dessa localidade e, enquanto o HP tinha seu range de IV inalterado, seu ataque poderia ser no máximo valor 7 e todos os outros stats seriam sempre 0. O Hidden Power deles seriam sempre do tipo lutador e com poder 30 ou 31.

O glitch também afetou os subsequentes remakes dos primeiros jogos da franquia, Pokémon FireRed & LeafGreen, lançados nessa geração e somente foram corrigidos em Pokémon Emerald.

O Verdadeiro Pokémon Fantasma

Usando os golpes Thief ou Covet para nocautear um Pokémon segurando um item e que também possui a habilidade Sticky Hold, o sprite do Pokémon derrotado fica preso na tela. Ele só desaparece ao você mudar para qualquer outra tela.

Em uma batalha contra um grupo completo, derrotar o próximo Pokémon fará com que o sprite do Pokémon desapareça normalmente, mas o sprite preso permanecerá. Se o segundo Pokémon for derrotado sem sair da tela de batalha, um terceiro Pokémon será lançado, mas o sprite do segundo Pokémon será liberado normalmente. O sprite preso do primeiro Pokémon permanecerá e será recolorido para combinar ao novo Pokémon enviado. Isso ocorre porque o jogo armazena paletas de cores separadamente dos próprios sprites.

Glitches Nostálgicos

O favor replay dos jogos clássicos de Pokémon se torna ainda maior quando sabemos desses glitches e erros, pois queremos descobrir, tentar, testar e achar os erros dos jogos.

Há ainda maneiras de andar de bicicleta na água, nadar na terra, lugares na água em que você pode andar, NPCs que sobem elevações e muito mais. São jogos recheados de problemas, que deixam a diversão ainda maior. Atualmente com patchs de correções, poucos erros e glitches se mantém presentes no jogo, nos restas continuar se divertindo com os antigos.

Fonte Bulbapedia
Você pode gostar também
Comentários
Carregando...