fbpx
Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?

Nintendo no Brasil: distribuidor planeja expandir alcance da marca

Nintendo Brasil

Após muito tempo sem atuação oficial no Brasil, a Nintendo retornou oficialmente ao país em 18 de Setembro. O retorno foi feito através de uma parceria com duas distribuidoras locais a Ingram Micro e e a Rcell, sendo esta já conhecida por fazer a distribuição dos consoles Playstation.

Apesar da grande empolgação com o seu retorno ainda há poucos varejistas vendendo o console da Nintendo: apenas o grupo B2W (Submarino, Lojas Americanas e Shoptime) e Magazine Luiza. Porém em entrevista publicada pela revista Exame no último dia 18 de Outubro, os representantes da Rcell comentaram que estão planejando aumentar para 24 o número de varejistas autorizados. Segundo o diretor de Marketing da empresa, Alexandre Della Volpe Elias, a empresa planeja ter mais de 4 mil pontos de distribuição do Nintendo Switch, Della Volpe cita também que estão trabalhando com varejistas de médio porte, assim como com os pequenos vendedores especializados em videogames.

A expectativa para o consumidor é que com mais lojas vendendo o produto oficialmente a concorrência ajude a diminuir um pouco os preços praticados no país, sem contar que o aumento da base instalada acaba sendo uma bom mecanismo de pressão para vende de jogos físicos e a localização de jogos para português.