Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
Roller Coaster Tycoon 3: COMPLETE EDITION - Onde a diversão não para

Roller Coaster Tycoon 3: COMPLETE EDITION – Onde a diversão não para

Embora existam franquias que adoro mais do que a série Roller Coaster Tycoon, são poucas as que trazem ondas de nostalgia do tamanho de um tsunami como o popular jogo de simulação. Mesmo agora, o simples pensamento de construir montanhas-russas para hordas de clientes me leva de volta ao ensino médio mais do que os comerciais espalhafatosos do Homem careca do Bom Brill ou o álbum Hybrid Theory do Linkin Park.

Roller Coaster Tycoon 3: COMPLETE EDITION - Onde a diversão não para

O desconhecido, Roller Coaster Tycoon é um dos jogos de simulação mais populares que existe, permitindo que você jogue as fantasias de construir seu próprio parque temático, completo com montanhas-russas, passeios emocionantes e monotrilhos, até praças de alimentação e banheiros. A logística de administrar um parque lucrativo e popular é mais complicada do que você possa imaginar. Felizmente, se você não gosta de todo esse desafio, há um modo “SandBox” para simplesmente deixar sua imaginação ir a loucura e brincar.

Considerando que muitos títulos populares são portados para o Switch, faz sentido que este jogo, que surgiu em 2004, tenha ido parar no console. Inicialmente, fiquei animado, considerando meu passado com a franquia, mas esqueci uma coisa simples: Roller Coaster Tycoon é um jogo de PC.

Claro, muitos jogos que são lançados para PC vivem e são jogados alegremente no Nintendo Switch. Mas Roller Coaster Tycoon 3 é o tipo de título que simplesmente não é otimizado para um controlador de 16 botões. Caramba, mesmo um controlador de 32 botões não teria corrigido os problemas de acessibilidade que realmente requerem um mouse e teclado. Esteja você construindo uma montanha-russa ou abrindo caminhos, a jogabilidade depende da precisão. As alavancas de controle são ruins para os controles do mouse, e cometer erros pode rapidamente se transformar em um buraco sem fundo que simplesmente torna as coisas piores.

Roller Coaster Tycoon 3: COMPLETE EDITION - Onde a diversão não para

O resto do que torna a série ótima ainda está lá. Se você se acostumar com os controles desajeitados, há muito o que fazer. Afinal, é a edição completa, incluindo dois pacotes de expansão. Encharcado! destaca as emoções de um parque aquático, que permite construir piscinas, tobogãs e até aquários. Selvagem! É exatamente o que implica, permitindo que você construa safaris e zoológicos repletos de todo tipo de fauna indomável.

O primeiro jogo da série e teve seu lançamento em 31 de março de 1999. Neste primeiro jogo, o jogador deve gerenciar seus parques cumprindo os mais objetivos como atrair um certo número de visitantes e sua satisfação ou tornar o parque valioso. Esses objetivos cumpridos abrem novos cenários e novas dinâmicas que no que jogo vão de montanhas-russas, lojas de souvenir a brinquedos tranquilos, emocionantes e aquáticos. O jogo é conhecido, principalmente pelos fãs como “RollerCoaster Tycoon Classic“.

RollerCoaster Tycoon 2 levou mais de 3 anos para ser desenvolvido, então esperava-se uma nova interface gráfica, porém o que chegou as lojas foi apenas um jogo idêntico ao primeiro com o acréscimo de novas configurações e cenários. Foram lançadas duas expansões que construíram novos e cenários, Wacky Worlds em 8 de Maio e Time Twister em 22 de Outubro, ambas em 2003.

RollerCoaster Tycoon 3 é o terceiro jogo da série simulador de parque de diversões. Desenvolvido e criado pela Frontier Developments, e publicado pela Atari. Em 2005 foram lançados as duas expanções e foram feitas duas edições especiais: RollerCoaster Tycoon 3: Gold lançada em 2005, que inclui o jogo original e o pacote de expansão Encharcado! e RollerCoaster Tycoon 3: Platinum lançada em 2006, que inclui o jogo original e os dois pacotes de expansão. Foi o único jogo de toda a série a não ser desenvolvido pelo próprio Chris Sawyer, desta vez ele foi o supervisor do jogo.

Diferentemente do segundo jogo, houve grandes mudanças para essa sequência, onde a principal é na parte gráfica; agora o jogo tem os gráficos em 3D. Também há uma liberdade total de movimentação da câmera de jogo, inclusive uma opção que permite ver a atração pela visão de um visitante do parque.

Roller Coaster Tycoon 3 é um jogo fantástico que mesmo 16 anos depois continua sendo um dos títulos de simulação mais divertidos já feitos. Jogar sem mouse e teclado deixa muito a desejar e, mesmo depois de superar a curva de aprendizado, ainda é uma perspectiva obscura. Mas se você simplesmente precisa de uma Roller Coaster Tycoon 3 portátil, há muitas emoções disponíveis.

7.7 / 10 Nota Final
Prós
- Ainda funciona bem
- Conteúdo imenso
- Modo livre/sandbox
- Construir é divertido
Contras
- Controles não muito
- Tutorial não intuitivo
- Sem português
Resumo
Um clássico de volta, trazendo a diversão na palma da sua mão.
Design
Trilha Sonora
Diversão
Gameplay
Custo x Benefício


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]