Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?
BarricadeZ ReVisited - A última esperança de um futuro não muito distante

BarricadeZ ReVisited – A última esperança de um futuro não muito distante

Desenvolvido e publicado pela FlyPenguin, BarricadeZ ReVisited é um tower defense 2D de rolagem lateral que possuí um vasto mundo para ser explorado e descoberto pelo jogador. Lançado no dia 30 de setembro de 2021, o jogo foi disponibilizado simultaneamente para Nintendo Switch e PC. Com isso, prepare seus últimos suprimentos e venha para este mundo pós-apocalíptico, onde apenas um único e indefeso ser humano habita o planeta Terra, sobre a proteção de um robô misterioso.

BarricadeZ ReVisited - A última esperança de um futuro não muito distante

Um mundo de vastas oportunidades e desafios

O jogo te apresenta um enredo simples (e bem simples, por sinal): em um mundo pós apocalíptico onde, aparentemente, a humanidade foi inteiramente destruída, um único e indefeso bebê acabou por restar, e cabe a um robô defendê-lo com unhas e dentes das hordas monstruosas de inimigos que irão desejar a morte deste pequenino. A partir desta trama, o jogo deslumbra-se em um extenso espectro de exploração, apresentando um vasto mundo subterrâneo cuja cabe a máquina explorar.

BarricadeZ ReVisited - A última esperança de um futuro não muito distante

O gênero principal apresentado pelo título é um tower defense, portanto existe todo a trama de se defender contra as hordas de inimigos que buscarão atacar este bebê, apenas para lhe fazer construir um enorme forte recheado de armadilhas e centenas de quilogramas de pedregulhos minerados e rolados duramente por uma máquina. A partir disto, entende-se que é necessário uma busca por suprimentos a fim de justificadamente construir este forte amedrontador de mortos-vivos. E agora, onde buscar estes recursos?

BarricadeZ ReVisited - A última esperança de um futuro não muito distante

Irá encontra-los no sub-solo da área principal, com um acesso abaixo a câmara do bebê; um paraíso construído com muita terra, pedregulho e minérios raríssimos que o auxiliarão no decorrer desta jornada por este universo. Portanto, neste instante o jogo apresenta uma proposta um pouco diferente de outros jogos do gênero tradicionais, pois ele busca acrescentar a possibilidade do jogador explorar um paraíso subterrâneo feito por um composto de cavernas. Neste quesito, senti uma semelhança com Terraria – jogo desenvolvido pela Re-Logic , e a única diferenciação de Terraria para BarricadeZ, eu diria que se trata de uma customização maior disponibilizada no gigante 2D.

BarricadeZ ReVisited - A última esperança de um futuro não muito distante

No modo história (que é o principal), encontrará um desafio onde deverá proteger o bebê durante cinquenta e seis dias consecutivos, com um relógio marcado no canto superior esquerdo. Poderá alterar a duração de tempo de cada dia, a fim de facilitar um pouco mais a sua jornada por este complexo de máquinas, podendo chegar ao máximo de trinta minutos terrestres para cada dia no mundo de BarricadeZ.

Portanto, é apresentado o building mode ao jogador; um modo que pode ser ativado apenas durante o dia, e possibilita com que o tempo seja paralisado, a fim de facilitar as coisas para você construir e aprimorar sua base. No momento que ativado, tudo o tempo para de contar, todavia, itens que estavam na bancada de trabalho e nas fornalhas, terão de esperar para voltarem ao trabalho normal. Naturalmente, o robô é inalvejável e pode livremente caminhar entre inimigos e blocos, pois o único que pode levar dano é o bebê (e por isso deve ser protegido).

BarricadeZ ReVisited - A última esperança de um futuro não muito distante

O jogo disponibiliza diferentes sistema para tentar te entreter durante a jogatina

A trilha sonora bate perfeitamente com todos os princípios, e não há o que ser dito sobre esta. É interessante para o jogador, com que sempre consulte os mapas e dicas disponíveis no menu, pois demasiadamente o auxiliarão. No início de cada, dia, no canto superior direito será fixado um anúncio que ditará como será o ataque da horda de inimigos nesta noite, e isto conciliará para que não acabe tendo uma defesa inapropriada para determinados dias. Conforme derrota os zumbis, eles lhe darão alguns pontos, cujo chamaremos de Engrans. Estes, contribuirão para o progresso do seu personagem em seu campo de habilidades físicas e intelectuais.

BarricadeZ ReVisited - A última esperança de um futuro não muito distante

Para cada sessão diferente de Engrans, um campo é explorado, desde habilidades e itens novos para serem construídos, até restaurar antigas máquinas do porte de nosso robô, como escavadeiras automáticas verticais e circulares. É importante sempre deixar suas escavadeiras na ativa, minerando e explorando o sub-solo, pois assim nunca sofrerá com falta de recursos. Explorando o sub-solo, irá se deparar com antigas bases de mineração, onde terás baús e outros itens como máquinas de viagem no tempo e teleportadores.

A máquina do tempo, possibilita com que retorne três dias no passado, assim enfrentando hordas de inimigos muito menos forte do que as atuais. Os teleportadores, facilitam o acesso para a superfície, afinal, não é tão prático percorrer mais de dois mil blocos até a superfície quando as hordas começam a chegar. Ainda no sub-solo há um terminal na última camada, que apresentará um paraíso de recursos para o jogador. Outras estruturas como algumas “tirolesas” serão encontradas, e estas facilitarão mais ainda a locomoção pelo mundo abaixo.

BarricadeZ ReVisited - A última esperança de um futuro não muito distante

A cada sete dias, um novo chefe será apresentado ao jogador, portanto, não podes perder tempo com coisas que não lhe serão úteis, e o jogo não facilita para que isso não aconteça; você acaba se perdendo muito em cima das receitas dos itens, e é frustrante quando observa que tem uma quantidade absurda de determinado material, mas precisa de outro, e não sabe como nem onde conseguir.

Vejo de forma divertida o catálogo de tipos diferentes de bases que podem ser construídas dentro do jogo, sendo possível focar em diferentes áreas específicas para chegar a métodos diferentes de combater os inimigos. A partir das seis horas da manhã dentro do jogo, todos os inimigos são queimados pela luz do sol, e portanto, existem modelos de base inteiros que se constituem apenas de enrolar os inimigos até este horário para que sucumbam-se em chamas.

BarricadeZ ReVisited - A última esperança de um futuro não muito distante

Certas ideias seriam melhor se tivessem ficado no papel

Sinto como se o game quisesse realmente colocar o jogador para pensar; vale mais apena uma base de defesa, ou uma poderosa estratégia de contra-ataque? Para isso, ele disponibiliza diversos tipos diferentes de máquinas matadoras, que auxiliam na carnificina de mortos-vivos. Existem muitos sistemas que são apresentados no jogo, e acredito que não se trata do ideal, para um ‘tower defense’, possuir tantos elementos assim, pois ele acaba não conseguindo entregar uma coisa concreta; não consigo senti-lo como um jogo de um gênero em específico.

Contudo, ele acaba por apresentar algo diferente de outros jogos do gênero, e por conta disso é memorável. Com o passar dos dias, o jogo fica enjoativo, e desmotiva o jogador a continuar sua aventura (mais especificamente, a partir do dia 10-13), e somado a certas frustrações que acaba por sentir ao longo da experiência, podem te levar a abandonar o jogo por completo. Os controles e a UI não me agradaram muito, e senti como se fossem muito mal desenvolvidos. São confusos, exigem muitos cliques para alcançar um menu simples, e não foi disponibilizado uma compatibilidade Touch para a versão de Nintendo Switch.

Não é necessário possuir muitos conhecimentos da língua inglesa para entender o jogo, mas pode facilitar (e muito) as coisas. Me decepcionei ao ver que a história serve apenas como um plano de fundo para cobrir certos questionamentos do jogador, pois consigo observar uma narrativa que tem potencial para ser extremamente forte e funcional.

BarricadeZ ReVisited
7.2 / 10 Nota Final
Prós
- Um título que possuí personalidade própria
- Design muito bem construído
- Trilha sonora promissora
Contras
- Controles inapropriados na versão de Nintendo Switch
- Menus sem explicação clara sobre sua função
- Falta de elucidação sobre as receitas de itens
- Narrativa pouco e má explorada
Resumo
'BarricadeZ ReVisited' apresenta muitas propostas para um jogo pouco promissor, e com isso, entrega um título enjoativo e com controles inapropriados. No mais, consegue mostrar o que muitos títulos não conseguem: um jogo com personalidade e originalidade, mesmo que com um enredo pouco explorado.
Design
Trilha Sonora
Diversão
Gameplay
Custo x Benefício

[Nota do Editor: BarricadeZ ReVisited foi analisado a partir da sua versão para Nintendo Switch. A cópia do jogo foi gentilmente cedida pela Jaleo PR.]


[A coluna acima reflete a opinião do redator e não do portal Project N]

Guilherme Morando
Um pequeno apaixonado por "The Legend of Zelda", e amante de jogos em MMO como "Diablo 3" e por fim, gosto muito de jogos indies , principalmente com puzzle.