Bayonetta 3: novas informações apontam uma oferta de pagamento diferente ao informado por Hellena Taylor

Bayonetta 3: novas informações apontam uma oferta de pagamento diferente ao informado por Hellena Taylor

Novo relatório diz que “Taylor pediu uma soma de seis dígitos”.

No fim de semana, uma série de vídeos postados pela ex-dubladora de voz da Bayonetta, Hellena Taylor, acusou a desenvolvedora PlatinumGames de oferecer uma soma “insultória” de US$ 4.000 para reprisar o papel na próxima terceira entrada da franquia, Bayonetta 3. Mas um novo relatório da Bloomberg apresenta alegações de fontes “familiarizadas com as negociações” que mostram que a situação é um tanto diferente.

Conforme relatado por Jason Schreier, da Bloomberg, duas fontes — que pediram para permanecer anônimas, embora cujas alegações sejam apoiadas pela documentação vista pela Bloomberg e pela VGC — dizem que a PlatinumGames estava “determinada” para que Taylor reprisasse o papel e queria garantir Taylor por “pelo menos cinco sessões, cada uma pagando de US$ 3.000 a US$ 4.000 por quatro horas“.

O relatório diz que “Taylor pediu uma soma de seis dígitos, bem como resíduos no jogo”, que a PlatinumGames rejeitou antes de realizar audições para um substituto. Fontes da Bloomberg afirmam que Taylor recebeu uma participação especial no jogo na mesma taxa de sessão única (ou seja, de US$ 3.000 a US$ 4.000), que Taylor recusou.

Respondendo a esse relato diferente das negociações, Taylor disse a Schreier que era “uma mentira absoluta” e disse que manteve tudo em seus vídeos.

Os comentários originais de Taylor levaram a muita discussão on-line no início desta semana, com Hideki Kamiya comentando uma “atitude de mentira” no Twitter, e a artista que assumiu a voz do personagem no novo jogo, Jennifer Hale, recebendo mensagens abusivas nas mídias sociais antes de fazer uma breve declaração própria.

Publicitária, QA em Editoração Financeira, Nerd e Gamer Nintendista!
Coroa Coroa