Kit e Krysta afirmam que quase foram demitidos por Nuzlocke, Pokémon Company rebate

Kit e Krysta afirmam que quase foram demitidos por Nuzlocke, Pokémon Company rebate
Imagem: Nintendo Life

Em um clipe postado no Twitter através do último episódio do podcast Kit e Krysta, os ex-funcionários da Nintendo receberam uma pergunta de um de seus apoiadores do Patreon sobre se eles já haviam jogado uma partida ‘Nuzlocke’ de Pokémon.

Isso levou a dupla a contar uma história em que eles lançaram uma ideia para a The Pokémon Company para jogar um Nuzlocke em um episódio de ‘Nintendo Minute‘. Aparentemente, a sugestão deles não foi apenas prontamente encerrada, mas eles supostamente chegaram perto de serem demitidos, com a The Pokémon Company afirmando que o Desafio Nuzlocke está “no mesmo nível de um hack ou ROM”.

Naturalmente, essa bomba pode ser um choque para aqueles familiarizados com o Desafio Nuzlocke. Para os não iniciados, é um conjunto auto-imposto de regras da comunidade que devem ser respeitadas ao jogar Pokémon. As duas regras básicas incluem liberar qualquer Pokémon que desmaie durante a batalha, pois deve ser considerado “morto”, e que o jogador  deve pegar o primeiro Pokémon que encontrar dentro de cada área. Há uma infinidade de regras adicionais que a maioria dos jogadores também segue, e você pode ler sobre todas elas na página Nuzlocke Challenge Bulbapedia.

Independentemente de sua familiaridade com o Desafio Nuzlocke, nossa breve visão geral deve deixar claro que não está no mesmo nível de hackers ou ROMs; é simplesmente um conjunto de restrições auto-impostas que ocorrem dentro dos parâmetros centrais do jogo. De fato, Kit e Krysta ficaram claramente chocados com a reação da The Pokémon Company e destacaram sua imprevisibilidade em relação às sugestões da comunidade.

Desde o lançamento do clipe, o webmaster de Serebii, Joe Merrick, afirmou que entrou em contato com a The Pokémon Company sobre a reclamação, que confirmou que os jogadores são livres para jogar jogos Pokémon da maneira que acharem melhor, desde que permaneça dentro dos limites do próprio jogo, afirmando que “não temos problemas com fãs/criadores jogando os jogos com as regras Nuzlocke“.

Embora não haja dúvida de que a história de Kit e Krysta é verdadeira, suspeitamos que pode ter havido alguma falha de comunicação em relação à definição de hacks e ROMs e sua relação (ou falta dela) com o Desafio Nuzlocke. É possível que, embora a The Pokémon Company não tenha problemas com o Nuzlocke Challenge em si, talvez não estivesse interessada em que o desafio fosse apresentado por meio de um canal oficial como o Nintendo Minute. Independentemente disso, Kit e Krysta parecem ter aceitado a controvérsia, postando um tweet divertido ontem à noite:

O que você acha das alegações de Kit e Krysta? Você é fã do Desafio Nuzlocke

Publicitária, QA em Editoração Financeira, Nerd e Gamer Nintendista!
Coroa Coroa