Ei Nintendista! Já ouviu o último episódio do nosso podcast?

Nintendo afirma ter melhorado os analógicos dos Joy-Con

Nintendo afirma ter melhorado os analógicos dos Joy-Con

O drift dos Joy-Con é um problema que afetou muito a usabilidade do Nintendo Switch durante os anos, mas agora, aparentemente, a Nintendo tem melhorado o foco para resolver o problema. Segundo o site Videogame Chronicle, a companhia japonesa confirmou que o Nintendo Switch OLED trazem a “última versão” dos controles, com melhorias que prometem combater o problema de drift.

Essa é uma das poucas vezes que a empresa fala abertamente sobre o problema e suas ações para resolvê-lo. Em uma das últimas postagens “Ask the Developer” da Nintendo, o gerente geral Ko Shiota e o vice-gerente geral Toru Yamashita da Divisão de Desenvolvimento de Tecnologia da Nintendo foram questionados sobre as melhorias feitas nos controles analógicos do Joy-Con para essa nova versão do Switch.

“Os controles Joy-Con têm muitos recursos diferentes, por isso continuamos a fazer melhorias que nem sempre são visíveis. […] Entre outras coisas, as peças analógicas têm sido continuamente aprimoradas desde o lançamento e ainda estamos trabalhando em melhorias.”

O stick analógico no primeiro lançamento passou no teste de confiabilidade do Nintendo usando o método de girar o stick enquanto aplicava continuamente uma carga a ele, com os mesmos critérios do stick analógico do Wii U GamePad. […] Como sempre tentamos melhorá-lo, investigamos os controladores Joy-Con usados ​​pelos clientes e melhoramos repetidamente a resistência ao desgaste e a durabilidade”

“As peças dos manípulos analógicos Joy-Con não são algo que possa ser comprado na prateleira, mas são especialmente concebidas, por isso passamos por muitas considerações para melhorá-las. Além disso, melhoramos o próprio teste de confiabilidade e continuamos a fazer alterações para melhorar a durabilidade e limpar esse novo teste.”

“Quando os efeitos de nossas melhorias foram confirmados, nós os incorporamos prontamente aos controles Joy-Con que estão incluídos no console, Nintendo Switch Lite, e aos vendidos individualmente, que eram fabricados naquela época. […] Isso envolve os componentes internos do Joy-Con, então não dá para perceber as melhorias de fora, mas usamos as novas versões das peças quando as reparamos. Além disso, melhorias contínuas semelhantes foram feitas para o Nintendo Switch Pro Controller.”

Toru Yamashita

Shiota complementou explicando que desgastes naturais ocorrem pelo uso contínuo dos analógicos assim como “pneus de carro, […] que estão em constante fricção com o chão“, e a partir desse entendimento a empresa sempre buscou melhorar a durabilidade e operabilidade das novas versões do analógico e continuam a fase constantemente.

Apesar de muitas reclamações e até ações contra a companhia devido a tais problemas, ficamos esperançosos que daqui para a frente haja uma melhora nos casos e que eles tornem-se menos frequente a cada revisão feita ao hardware.